4 em cada 10 paulistanos são contra beijos e abraços entre pessoas de mesmo sexo em espaços públicos

quinta-feira, 24 de maio de 2018 0 comentários


4 em cada 10 paulistanos são contra beijos e abraços entre pessoas de mesmo sexo em espaços públicos
Conclusão do levantamento é que o paulistano é mais favorável às questões de direitos homossexuais quando elas acontecem 'longe' do entrevistado

Quatro em cada 10 paulistanos são contrários à demonstração de afeto, como beijos e abraços, entre gays e lésbicas em locais públicos. Uma pesquisa inédita da Rede Nossa São Paulo, lançada nesta terça-feira, 22, mostra que quando o assunto é convivência íntima com casais do mesmo sexo, os moradores da capital paulista ainda apresentam resistência.

A conclusão do levantamento é que o paulistano é mais favorável às questões de direitos homossexuais quando elas acontecem "longe" do entrevistado. Somente 22% dos moradores de São Paulo apoiam que pessoas do mesmo sexo demonstrem afeto, como beijos e abraços, em locais públicos. Já 43% são contrários e 30% não são a favor nem contra. 

O resultado é semelhante à demonstração de afeto na frente de familiares: 38% dos entrevistados rejeitam e 23% se declaram a favor. Entre os que não são a favor nem contra, há 33% em todos os aspectos analisados no âmbito íntimo, a favorabilidade à convivência íntima é mais acentuada entre jovens mais escolarizados e com maior renda. 

O estudo Viver em São Paulo, com foco em diversidade sexual, revela ainda que são nos espaços e no transporte públicos que os paulistanos mais afirmam ter vivido ou presenciado casos de preconceito de gênero ou orientação sexual. Em espaços públicos, 51% relataram já ter visto ou vivido situações de homofobia - já no transporte público, 46%. 

Segundo o coordenador geral da Rede Nossa São Paulo, Jorge Abrahão, não havia dados em relação à temática de direitos homossexuais especificamente na cidade de São Paulo. Com o estudo, será possível criar ano a ano uma série histórica sobre a relação do paulistano com a população de gays e lésbicas.

Abrahão diz que a pesquisa aponta para uma "relativa hostilidade" da cidade a gays, lésbicas e outros. Ele destaca as situações de preconceito no transporte público. 
Se 5 em cada 10 paulistanos já tiveram de algum maneira contato com situação de preconceito, isso significa seis milhões de pessoas. Serve de alerta que o transporte público seja um vetor que sempre apareça. Quando pesquisamos situações de assédio sexual com mulheres, o transporte público também surge como um problema do ponto de vista da segurança", afirma. "O resultado mostra que precisamos de um transporte mais seguro e, para isso, podem ser feitas mais campanhas e mais fiscalização. Teria um impacto muito grande na cidade".
Também quatro em cada 10 paulistanos já vivenciaram ou presenciaram situações de preconceito de gênero ou orientação sexual em shoppings, bares, restaurantes, escolas, faculdades e comércios. O contato com todas as situações de homofobia investigadas é mais acentuado na região norte da cidade. 

Favorabilidade. Mais da metade dos moradores de São Paulo (54%) é favorável à criação de leis de incentivo à inclusão de pessoas homossexuais no mercado de trabalho, a pessoas transexuais e travestis adotarem o nome social, ou seja, o nome pelo qual preferem ser chamados(as) (53% de favorabilidade) e à adoção de crianças por casais homossexuais (51% de favorabilidade).

Com a maior rejeição pelo paulistano, está a criação de banheiros unissex ou sem demarcação de gênero. Enquanto 52% são contrários à ideia, somente 20% apoiam. 

Administração municipal. Cerca de 3/4 avaliam que a administração municipal tem feito pouco ou nada para combater a violência contra a população homossexual. 

Para 46% dos entrevistados, a Prefeitura de São Paulo tem feito muito pouco para combater esse tipo de violência e para 28% a Prefeitura não tem feito nada. Dos entrevistados, 8% afirmam que a gestão municipal tem feito muito para garantir a segurança da população e 18% não souberam ou preferiram não responder.
A avaliação da Prefeitura é baixa. Há uma sensação de que poderia estar sendo feito mais. Onde mais aparecem os preconceitos é nos espaços públicos. São lugares em que a Prefeitura está presente. É um campo que a Prefeitura poderia estar assumindo mais o papel", afirma o coordenador da Rede Nossa São Paulo. 
Em nota, a Prefeitura de São Paulo informa que investe em várias ações para combater a violência contra a população homossexual e outras congêneres. Na manhã desta terça-feira, o prefeito Bruno Covas reafirmou a disposição da administração municipal em "promover políticas afirmativas para todos os segmentos da população que sofrem com preconceito e discriminação". 

Uma das iniciativas, comandada pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos, é o aperfeiçoamento e ampliação do programa Transcidadania, de formação educacional e profissional.

No texto, a SP Trans repudia qualquer manifestação de desrespeito ao público LGBTI no transporte público e informa que os operadores dos veículos estão preparados para agir em caso de ocorrências.

Índice de preconceito. Nesta edição da pesquisa Viver em São Paulo, foi criado um índice para classificar a população paulistana em relação à variação da favorabilidade sobre frases ligadas à temática.

O resultado final é uma escala que varia de 0 a 1. Sendo quanto mais próximo de 0, mais favorável é o respondente em relação aos temas homossexuais, e quanto mais próximo de 1 é o índice, mais contrário ele é. 

Na média, São Paulo alcançou o índice de 0,46 - o que representa que, de forma geral, que o paulistano é "timidamente mais favorável" às questões homossexuais.
O índice está quase meio a meio, mostrando uma tênua tendência da população a ter maior aceitação. Ainda estamos no meio do processo, tendo que trabalhar essas questões. Existe muito a ser trabalhado para que possamos reduzir esses problemas", diz Abrahão. 
O perfil do grupo mais favorável a questões relacionadas à população homossexual é composto por mulheres, mais escolarizadas, da região oeste da cidade, de religiões diversas, com renda familiar de mais de 5 salários mínimos e com idade entre 25 e 43 anos. 

Já o perfil do grupo mais contrário a questões relacionadas à população homossexual é composto por homens, menos escolarizados, da região leste da cidade, evangélicos ou protestantes, com renda familiar de menos de 2 salários mínimos e com mais de 55 anos. 

Foram entrevistadas 800 pessoas. A pesquisa incluiu no perfil amostral a pergunta de autodeclaração sobre a orientação sexual dos entrevistados. O resultado aponta que 90% dos paulistanos se declaram heterossexuais, 3% homossexuais, 2% bissexuais e 5% não sabe ou não respondeu.

Fonte: O Estado de S.Paulo, por Juliana Diógenes, 22/05/2018

17 de maio de 1990: Histórico do Dia Internacional Contra a Homofobia

quinta-feira, 17 de maio de 2018 0 comentários


Histórico do Dia Internacional Contra a Homofobia

Em 17 de maio de 1990, a Assembléia Geral da Organização Mundial de Saúde aprovou a retirada do código 302.0 (Homossexualidade) da Classificação Internacional de Doenças, declarando que “a homossexualidade não constitui doença, nem distúrbio e nem perversão”. A nova classificação entrou em vigor entre os países-membros das Nações Unidas em 1993.

Em 2003, em homenagem a esse evento significativo para os direitos da população de gays e lésbicas, a Associação Internacional de Gays e Lésbicas (ILGA) estabeleceu a data como Dia Internacional contra a Homofobia.

Proibido no Quênia, filme lésbico faz história em Cannes

quarta-feira, 16 de maio de 2018 0 comentários

 (Emma McIntyre/Getty Images)

Filme lésbico do Quênia faz história ao ser exibido em Cannes
No Quênia a homossexualidade pode ser punida com até 14 anos de prisão. Batizado de "Rafiki", o filme foi banido do país por conta disso.

O filme “Rafiki” – que significa “amigo(a)” em swahili – entrou para a história como o primeiro representante do Quênia no Festival de Cannes, o que já seria um grande feito por si só. Mas o longa dirigido por Wanuri Kahiu representa muito mais do que isso, já que ousa falar sobre lésbicas num país onde a homossexualidade é contra a lei.

No Quênia o filme foi proibido de ser veiculado. O Comitê de Classificação de Filmes do país baniu a distribuição do longa chegou a dizer que ele poderia ter sido aceito, caso as personagens demonstrassem remorso por seus atos no final. 
A moral da história no filme é a de legitimar o lesbianismo no Quênia. Qualquer tentativa de introduzir e de normalizar a homossexualidade no Quênia vai contra a legislação e a constituição e isso deve ser vetado”, declarou o comitê.
Naquele país, quem é pego tendo relações com pessoas do mesmo sexo pode ser preso por até 14 anos. Para se ter uma ideia, em 2016, o Tribunal Superior de lá defendeu que é totalmente aceitável realizar exames anais em homens, para identificar se eles transam com outros homens. Em 2017, um oficial do governo queniano virou notícia no mundo inteiro por conta de uma declaração não apenas homofóbica, mas também muito ignorante. Ao saber que dois leões machos agiam como casal em um zoológico do país, Ezekiel Mutua disse que obviamente aqueles animais estavam imitando as ações de homens gays que circulam pelo parque, ou que estavam possuídos por forças malignas.

Mapa publicado pela Deutsche Welle mostra a penalidade prevista para homossexuais em países africanos (Deutsche Welle/Reprodução)

E o Quênia está longe de ser o único país africano que ainda criminaliza a homossexualidade, como mostra o mapa abaixo, publicado pela Deutsche Welle. Somália, Sudão, Mauritânia e Nigéria até hoje preveem pena de morte para quem se relaciona com pessoas do mesmo sexo.

Voltando ao filme, “Rafiki” representa um marco histórico para a comunidade LGBT na África e é o longa com mais peso político no Festival de Cannes esse ano. Realizar um filme homossexual em países como o Quênia é um ato que leva a palavra “resistência” a um outro patamar. Fazer com que ele chegue a uma das premiações mais importantes do mundo é uma conquista histórica.

O filme fez sua estreia no festival nessa quarta-feira (9) e vem colhendo bons frutos junto à crítica. Ele conta a história de Kena (Samantha Mugatsia) e Ziki (Sheila Munyiva), duas garotas que se conhecem pelas ruas de Nairobi e vivem um romance proibido. Além de escancarar a realidade homofóbica do país, “Rafiki” também mostra a dificuldade das duas em relação às famílias e a influência que a igreja exerce sobre a comunidade em que vivem.

Segundo a crítica do Screen Daily, o filme peca por abranger coisas demais, mas apresenta um trabalho carregado de alma e sensibilidade. O longa também é descrito como dinâmico e cheio de vida. 
A performance carismática de Samantha Mugatsia e Sheila Munyiva faz você acreditar nas personagens e se envolver no romance. Quando a realidade se intromete no sonho de amor delas, o impacto emocional é incrivelmente profundo”, aponta o crítico.
Infelizmente, ainda é cedo para saber se a gente vai poder ver “Rafiki” nas salas de cinema daqui. No IMDb – a maior base de dados sobre audiovisual do mundo – não há nem informações sobre a estreia do filme nos Estados Unidos, que dirá no Brasil. Mesmo assim, é justo dizer que a repercussão em Cannes já colocou o longa no radar das distribuidoras. Se for premiado, aumentam as chances de ele ser lançado comercialmente em breve. E nós já estamos torcendo, lógico! Saiba mais: Presidido por Cate Blanchett, Cannes terá júri majoritariamente feminino

Enquanto isso, olha como as atrizes e a diretora estavam maravilhosas no tapete vermelho do festival. É o sorriso no rosto de quem sabe que está fazendo história!

Fonte: M de Mulher, 10/05/2018

Professora afastada de escola após mostrar foto com a esposa aos alunos

terça-feira, 15 de maio de 2018 0 comentários

 (Stacy Bailey/Acervo pessoal)

Professora é afastada de escola após mostrar foto com a esposa aos alunos
A foto simplesmente mostra a professora e sua esposa usando fantasias de "Procurando Nemo" no Halloween.

No Texas, a professora de artes Stacy Bailey está movendo um processo contra a escola em que lecionava, por tê-la afastado de suas funções. Stacy foi transferida depois de mostrar aos alunos uma foto em que ela e a esposa, Julie Vazquez, aparecem vestidas com fantasias de “Procurando Nemo”. A foto, que não mostra nada de inadequado, foi apresentada às crianças durante uma aula de apresentação, junto com imagens da família de Stacy e de sua infância. 

Na época, o diretor do colégio chegou a dizer à professora que recebeu a reclamação do pai de um aluno. Esse pai alegou que ela estava “promovendo a agenda homossexual” nas aulas. A informação foi dada pelo New York Times, que teve acesso ao processo.

O mesmo pai teria reclamado a respeito de uma aula sobre o artista Jasper Johns. Isso porque a professora revelou aos alunos que ele era casado com o também artista Robert Rauschenberg.

A foto mostrada aos alunos foi tirada no Halloween (Stacy Bailey/Acervo pessoal

A escola e o distrito de Mainsfield, responsável por sua gestão, se defendem dizendo que a orientação sexual de Stacy nunca foi um problema e que a decisão de afastá-la surgiu porque as atitudes dela mudaram no último ano. Ainda segundo o New York Times, o texto do processo diz que ela estava tratando de temas controversos com os alunos.
Os professores não devem usar a sala de aula para transmitir suas crenças pessoais a respeito de política e questões sectárias”, aponta o documento.
Stacy foi instruída a não falar publicamente sobre o caso, mas a esposa dela concedeu uma entrevista à imprensa essa semana.
É chocante e entristecedor o fato de que os membros do distrito de Mainsfield trataram minha esposa de maneira diferente quando ela falou sobre sua família, assim como qualquer professor faz. Ela foi afastada simplesmente porque seu cônjuge é uma mulher”.
A professora deixa claro que seu maior desejo é voltar a lecionar na antiga escola, onde ela trabalhava desde de 2008 e foi eleita como Professora do Ano duas vezes.
Eu acho que isso seria algo imenso. Mostraria que ela não fez nada de errado e que o distrito percebeu isso. E a colocaria de volta na família escolar dela, o que é algo muito importante”, finalizou a esposa, Julie Vazquez.
Fonte: M de Mulher, 11/05/2018

Bailarina do Faustão e namorada se casam em Santa Rita de Jacutinga (MG) sob as bençãos de pastor gay

segunda-feira, 14 de maio de 2018 0 comentários

Bailarina do "Domingão do Faustão", Karina Barros se casa com Camila 

Bailarina do Faustão e namorada se casam em cerimônia com pastor gay 

Benfica Bailarina do "Domingão do Faustão", Karina Barros se casou neste final de semana com a esteticista de animais Camila Benfica. Elas namoram há mais de dois anos, e a dançarina de 20 anos pediu a namorada em noivado durante um passeio romântico na Pedra Bonita, no Rio, em janeiro de 2017.

Karina Barros e Camila Benfica se casaram em Santa Rita de Jacutinga (MG), no fim de abril, sob a bênção do pastor André Cally, gay e líder do MilC (Ministério Inclusivo Livres em Cristo), destinado a evangélicos homossexuais.

Bailarina do "Domingão do Faustão", Karina Barros se casa com Camila Benfica
Sou grato a Deus e muito feliz em poder celebrar mais uma união de amor, uma nova família que se constituiu, dessa vez as amadas Karina Barros e Camila Benfica. Glória a Deus por esse amor, por essa dignidade que motivam muitos e muitos outros a serem felizes, sem reservas e paradigmas. Amo vocês!", comemorou o pastor.
A cerimônia, realizada no último sábado de abril (28), foi divulgada com moderação pelas noivas, que prometeram publicar fotos e vídeos futuramente, mas parentes e amigos próximos deixaram vazar algumas imagens do casamento, realizado ao ar livre, e da decoração, com as iniciais "K&C" espalhadas pela festa religiosa.

Bailarina Karina Barros se casa com Camila Benfica
Em uma das únicas fotos publicadas pelo casal, foi possível ver as daminhas de honra tapando os olhos na hora do beijo, aparentemente um protesto das noivas contra a intolerância.
Fonte:  UOL, 30/04/2018

Horóscopo de maio (2018)

quinta-feira, 3 de maio de 2018 0 comentários

Miriam Julie
PREVISÃO MENSAL

ÁRIES 
21/03 a 20/04 

Durante esse mês poderá sentir um chamado interior para busca de novos grupos de amigos, ligados a novas filosofias de vida. 

No setor profissional, tenderá a agir de forma um pouco mais relaxada, porém nem por isso menos eficiente. Essa diminuição do ritmo de trabalho lhe trará maior tranquilidade e bem-estar. 

Sua saúde entrará em uma fase mais equilibrada, podendo ocorrer uma vontade de experimentar novos alimentos ou até mesmo de adotar uma dieta alimentar diferente que promova uma melhoria em sua saúde. Preste atenção à circulação das pernas. 

No setor afetivo, poderá ter ótimas surpresas com pessoas que viajam com frequência ou que sejam do exterior. Sentirá uma afinidade profunda com elas a ponto de querer assumir um compromisso amoroso, a despeito da distância que lhes separa. 

Procure se mostrar mais atenciosa com seus familiares, saudosos de sua presença. 

TOURO
21/04 a 20/5 

Durante este mês, poderá ter uma sensação de alienação quanto ao trabalho: seus projetos tendem a caminhar bem, mas poderá se distrair com certa facilidade. Procure cultivar a ponderação e a paciência, que lhe serão muito úteis. 

Quanto à saúde, cuide-se muito, pois estará sem vitalidade e estafada. Pode ter problemas de coluna, dentes ou articulações. Fique atenta à área digestiva: se for necessário, procure uma reeducação alimentar. 

Se possível, planeje uma viagem com a pessoa amada. Renovem votos ou simplesmente façam algo fora da rotina. Este mês é favorável para obter maior harmonia e satisfação na área afetiva seja de amizade ou familiar. 

Embora possa sentir necessidade de ficar isolada para reflexão, lembre-se de que sua parceira pode estar necessitando de sua atenção. Tenha uma conversa tranquila com ela para que cada uma possa ter um momento só para si mesma. 

GÊMEOS
21/05 a 20/06 

Este é um mês muito benéfico para quase todos os assuntos. Mesmo que você esteja com problemas, eles serão amenizados por este aspecto. 

Os assuntos afetivos estarão excelentes. Novos romances podem acontecer ou mesmo o renascimento de um relacionamento que andava meio sem graça. Bom período também para casamentos e noivados. 

A fase também é ótima para lidar com finanças: seus investimentos vão render bastante e poderá até ganhar mais dinheiro em algum golpe de sorte. Para quem precisa lidar com mulheres no trabalho ou na vida social, o momento é favorável. 

A saúde estará protegida e você se sentirá bem animada. A digestão e a circulação, regidas por Júpiter e Vênus, estarão ótimas, mas você terá tendência a engordar. Bom período para tratamentos estéticos e assuntos artísticos. 

CÂNCER
21/06 a 22/07 

Ótimo período para fechar bons negócios, assinar bons contratos e para a situação profissional em geral. 

Você estará de muito bom humor, com pensamentos otimistas e bastante autoconfiança. Mesmo tendo problemas, você enxergará tudo mais ameno e pelo lado mais positivo. Poderá ganhar mais dinheiro, seja do próprio trabalho, seja através da sorte em jogos. Mas cuidado, pois também estará excessivamente generosa e gastadora. 

Também é boa época para firmar relacionamentos ou se casar. Boa fase para quem trabalha com Educação, Direito ou Línguas. Pode aparecer uma boa oportunidade de viagem. Aproveite! 

Sua saúde estará boa e a vitalidade física estará mantida. A circulação sanguínea vai estar muito ativada, assim como o fígado e a digestão. Este período é muito agradável e, mesmo que não lhe aconteçam muitas coisas boas, você terá uma sensação de bem-estar e alegria. 

No setor afetivo, a pessoa amada poderá estar mais exigente, esperando algum tipo de gesto mais romântico de sua parte. Fique atenta às necessidades dela. 

LEÃO
23/07 a 22/08 

Durante esse mês você terá bom contato com pessoas mais velhas, que irão valorizar bastante seu talento. O período é bom para compra ou venda de imóveis, ou para reformas e construções. Vai estar com boa saúde e sua resistência física aumentará. Se tiver tratamentos dentários, ósseos ou de pele e cabelos, o momento é excelente para realiza-los. Bom período para estudos profundos e pesquisas. 

Bom período para viagens ao exterior ou para lidar com assuntos estrangeiros ou legais. Mesmo as pequenas viagens proporcionarão uma satisfação intensa e relaxante. 

Você vai iniciar este mês mais estável e segura de si mesma. Evite se sobrecarregar de atividades e não aceite que abusem da sua boa vontade. A autoconfiança vai fazê-la se empenhar muito no trabalho, o que trará solidez e progresso em sua carreira. As coisas correrão de forma lenta, mas trarão maior ascensão social e profissional. Você vai se sentir muito mais segura. 

Sua vida afetiva necessita de mais atenção. Se está sem ninguém, o período anuncia a entrada de uma pessoa interessante no seu caminho ligada à sua área profissional.Caso esteja em relação estável, o momento é bom para renovar os laços amorosos. 

VIRGEM
23/08 a 22/09 

Aproveite a energia de generosidade e bom astral na qual se sentirá envolvida. As pessoas tenderão a pedir mais seus conselhos ou querer sua presença. Mesmo com o lado profissional exigindo sua atenção, não deixe de comparecer aos convites feitos. 

Este é um mês de muita sorte para você. Pode conseguir ganhar mais dinheiro de uma forma repentina, em jogos ou em algum bom momento nos negócios. Estará numa fase feliz e de muito progresso. Pode resolver mudar algo em sua vida, e isso será muito positivo. É o momento de tentar técnicas mais modernas no trabalho ou comprar aparelhos elétricos modernos. 

Você estará muito mediúnica e interessada pelo lado espiritual da vida. Pode confiar em suas intuições, pois elas estarão lhe revelando coisas importantes. É um bom período para praticar meditação, yoga ou estudar filosofia. Contará com a proteção do plano espiritual. O contato com a natureza lhe ajudará a recarregar as energias. 

Sua vida amorosa passará por uma renovação total, promovendo mudanças de paradigmas limitantes do passado. Estará mais consciente da liberdade necessária para uma relação saudável, e, por isso mesmo, acabará tendo envolvimento intenso com pessoas especiaispor quem sentirá profunda afinidade e atração. 

LIBRA
23/09 a 22/10 

Esse mês será um período cheio de mudanças positivas, principalmente em casa. As coisas acontecerão com muita rapidez e você quase não terá tempo de entender o que está acontecendo. 

Estará muito intuitiva e alerta e saberá agir com rapidez e organização. Bom para quem faz muitas viagens de avião ou mexe sempre com aparelhos eletrônicos. 

O convívio com mulheres, no trabalho ou na vida social, pode ser animador e positivo. É um período de muito progresso. Você pode resolver modernizar várias coisas em sua casa, para facilitar sua vida. 

Ficará agitada e com tendências à ansiedade, querendo mudar coisas que nem você mesmo sabe quais são. Não corra demais no trânsito; estará com muito gosto pela velocidade. 

No setor afetivo, tenderá a se sentir um pouco ansiosa com alguma situação preocupante, mas, com paciência e compreensão, conseguirá chegar a um bom entendimento com a pessoa amada. 

ESCORPIÃO
23/10 a 21/11 

Este início de mês lhe trará bastante ânimo e disposição. Dará bem-estar e alegria de viver. Em compensação, você ficará com um apetite exagerado e poderá engordar. A vida social estará mais agitada, e você receberá muitos convites para festas e passeios. 

Em casa, passará por momentos felizes e o convívio familiar será positivo e benéfico. Estará com sorte para jogos ou para receber mais dinheiro no trabalho. O convívio com mulheres, da família ou não, estará beneficiado. 

A saúde estará favorecida. Neste período também poderá se reencontrar com seu passado. Reverá amigos de infância ou voltará a seu lugar de origem. Essas lembranças vão ser positivas e lhe trarão alegrias, podendo trazer novidades relacionadas à sua vida amorosa de forma inesperada. 

Na área afetiva, é possível que se sinta bastante nostálgica durante este período. Terá oportunidades de reencontros com pessoas que poderão surpreendê-la ao revelar sentimentos por você. Alguém próximo a você, possivelmente relacionado a sua área profissional, parece lhe ter grande admiração. Caso queira investir em algo mais concreto, demonstre seu interesse sem medo. 

SAGITÁRIO
22/11 a 21/12 

Durante esse período, você estará com muita consciência moral e não admitirá transgressões. Poderá encarar a vida com mais seriedade e trabalhar bastante, mas sem perder o otimismo. 

Poderá resolver assuntos financeiros e legais, mas lentamente. Tudo levará muito mais tempo do que você imagina. Sua saúde andará frágil. Seu fígado vai estar mal e sua má-digestão pode se tornar crônica. Poderá ter problemas arteriais ou tendência a cristalizações que levam à artrite ou à formação de pedras na vesícula. 

A vida amorosa tenderá a ficar em compasso de espera durante esse mês. Alguma situação mal resolvida será trazida à tona. Entretanto, as chances de chegar a um entendimento são grandes: procure ouvir de verdade sua parceira e peça a ela que faça o mesmo. 

CAPRICÓRNIO
22/11 a 19/01 

O tempo passará com extrema rapidez, mas será um período produtivo e de muita modernização em sua vida. Você estará otimista, mas mesmo assim vai estar ansiosa por maior liberdade e independência em sua vida. Não tome atitudes precipitadas por causa disso. 

Será um período agitado e cheio de mudanças repentinas em casa ou no trabalho. Podem surgir várias oportunidades de viagens de avião bastante interessantes. Bom período para quem trabalha em órgãos públicos ou com administração. Seu raciocínio estará ágil, e você resolverá problemas com bastante rapidez. Também saberá organizar tudo que faz com perfeição. 

Neste período, você estará particularmente intuitiva. Aproveite e dê crédito às suas intuições. Com relação à sua saúde, fique atenta a áreas relacionadas aos quadris, rins, bexiga e articulações que podem ficar mais sensíveis. 

No setor afetivo, seu entusiasmo e bom humor tendem a atrair pessoas com o mesmo astral. Ainda que não queira investir em nada mais sério, poderá viver momentos ótimos que trarão uma serenidade emocional muito positiva. 

AQUÁRIO
20/01 a 18/02 

Durante esse período você se tornará mais séria e responsável, encarando a vida de forma mais produtiva. No setor profissional, você poderá se surpreender favoravelmente com propostas de trabalho inusitadas. Não tenha medo e arrisque novos caminhos. 

Pode se entender melhor com pessoas de idade e até ser prestigiada por elas. Se você tem problemas ósseos, principalmente de coluna ou joelhos, pode conseguir uma boa melhora. 

Você terá mais ânimo para se dedicar a pesquisas ou qualquer estudo que exija muita concentração. É um bom período para você fazer as pazes consigo mesma, tornando-se mais consciente e realista quanto ás realizações que busca em sua vida. 

A vida amorosa pede mudanças para que possa ter continuidade. Procure estar mais atenta à pessoa amada. O setor afetivo poderá passar por um período de avaliação, antes que você decida seguir adiante com o relacionamento. 

PEIXES
19/02 a 20/03 

Esse mês você tenderá a se sentir mais animada, muito mais segura e com sensação de solidez. Vai enxergar a vida de uma forma mais organizada e ponderada, e as pessoas notarão seu amadurecimento. Você vai se sentir mais calma, com o humor mais equilibrado. 

No setor profissional, aproveite esta fase pra adiantar os planos que agendou para o início do ano. Projetos que estavam apenas em pensamento a 4 meses atrás se mostrarão bastante promissores para realização agora. 

Bom aspecto para consolidar seu relacionamento com alguém com quem sinta maior afinidade. Sentirá maior solicitação da sua presença em nível familiar, afetivo ou social. 

A saúde vai passar por bons momentos. Você poderá conseguir se curar de algo que a incomodava. De qualquer forma, estará com o organismo muito equilibrado. É um período de boa saúde e bom para tratamentos ginecológicos.


Miriam Julie (Gunadhara Miten)
Terapeuta Credenciada pela Comunna Metamorfose
Whats app: 11 964 05 1934 – e.mail : gunadharametamorfose@gmail.com

Terapeuta Tântrica e Renascedora com Especialização em Disfunções Sexuais. Coordenadora de Núcleo de Desenvolvimento de Massagem Tântrica, Instrutora de Cursos Individuais e em Grupo de Massagem Tântrica, Instrutora de Delerium Privativa para casais (de todas as orientações sexuais).

Terapeuta Holística e Astróloga Humanista há 32 anos, mantém, desde 2004, as previsões astrológicas anuais e mensais, entre outras, do site da Um Outro Olhar. É também Orientadora Sexual, tendo trabalhado como voluntária em Grupos de Ajuda a mulheres que sofreram abuso sexual, utilizando o Método Deva Nishok e a terapia energética,  obtendo ótimos resultados.
Utiliza em seus atendimentos as Terapias Tântricas com o objetivo de refinar a sensibilidade, expandir e intensificar a sensação orgástica, gerando maior sustentação da bioenergia do corpo, energização dos chackras e equilíbrio da produção hormonal.

Para consultas online ou pedidos de mapa astral, combinação de mapas, previsões(sinastria), agendamento de terapia tântrica e cursos de massagem, entrar em contato por Whats app: 11 96405 1934; gunadharametamorfose@gmail.com

 
Um Outro Olhar © 2015 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum