Tratamento discriminatório contra casal de mulheres em restaurante de Santo André (SP)

quarta-feira, 17 de julho de 2019 0 comentários

Discriminação na Churrascaria Novilho na Brasa

A produtora de casting Thábata Mendes resolveu fazer um desabafo nas suas redes sociais após passar por situação constrangedora em um restaurante em Santo André, São Paulo.

Ela e a companheira Amanda foram jantar em um restaurante (Churrascaria Novilho na Brasa) que fazia uma promoção de jantar para casais. Ao efetuar o pagamento, porém, foi informada, pelo garçom, de forma irônica, que o benefício era somente para casais heterossexuais, com ênfase em “casal formado por homem e mulher.” Thábata decidiu reclamar com o gerente que, vendo sua irritação, chegou a pedir desculpas pelo garçom, o que amenizou a situação, mas não diminuiu a indignação do casal.
“É chato. Todos nós que somos da bandeira LGBT sabemos o quanto é chata essa situação”, disse Thábata no vídeo do desabafo (ver abaixo).
A produtora também relatou outro caso de preconceito que viveu poucos dias depois, dentro de seu próprio condomínio, quando estava lavando o carro na porta de casa. Segundo Thabata, os vizinhos de sua casa se reuniram próximo a ela  para comentar que “gay era motivo de desgosto pra família", "que era extremamente desagradável conviver com gay, "que era uma aberração isso.”

Thábata afirmou ainda que, quando essas situações de preconceito acontecem, as pessoas ficam de imediato meio sem ação, mas que, depois, ela procurou tomar algumas medidas em relação à atitude do estabelecimento, denunciando-o através do Procon. Informou ainda que denunciou o ocorrido nas suas redes sociais para visibilizar a falta de profissionalismo e de humanidade do pessoal do restaurante.   

Irlanda do Norte libera aborto e casamento igualitário, mas leis não entram em vigor de imediato

segunda-feira, 15 de julho de 2019 0 comentários

"Não pise em mim", diz o cartaz
Irlanda do Norte: Liberalização do aborto e casamento gay

Com 332 votos a favor e 99 contra, o Parlamento britânico aprovou a liberalização do aborto na Irlanda do Norte. Paralelamente, os deputados também deram "luz verde" à liberalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo (383 votos a favor e 73 contra), mas as propostas não entram automaticamente em vigor.

As mudanças só terão efeito se o executivo regional da Irlanda do Norte não for reestabelecido até 21 de outubro. No entanto, impõem ao Governo britânico a introdução da respetiva legislação.

Para alguns ativistas este é um momento decisivo. Outros consideram um passo adicional para Westminster ampliar o governo direto sobre a região.

A Irlanda do Norte tem autonomia legislativa, mas está sem executivo desde 2017 devido à falta de entendimento entre o Partido Democrático Unionista e o Sinn Féin para formar uma coligação, obrigatória nos termos do processo de paz para o território.

Esta é a única região do Reino Unido em que o casamento gay não está permitido. O aborto é considerado crime a não ser em casos em que a vida da mãe está em risco.

Na vizinha Irlanda, a legalização do aborto foi aprovada em referendo no ano passado. As negociações entre o Partido Democrático Unionista (DUP) e o Sinn Féin destinadas a restabelecer o executivo têm sido infrutíferas.

Fonte: Euronews, 11/07/2019


Processos administrativos por discriminação contra gays, lésbicas e outras minorias levam à condenação em São Paulo

quarta-feira, 10 de julho de 2019 0 comentários

Paulo Dimas Mascaretti, secretário da Justiça de São Paulo — Foto: Cíntia Acayaba/G1

Um em cada três processos administrativos por discriminação contra LGBTs termina em condenação em SP
Comissão da Secretaria da Justiça de SP dá andamento a processos desde 2002. Em 17 anos, foram pagos ao governo de São Paulo 21.500 UFESPs em multas, cerca de R$ 570 mil.

A Secretaria da Justiça e Cidadania de São Paulo instaurou 404 processos administrativos por discriminação em razão de orientação sexual e identidade de gênero nos últimos 17 anos. Desses, 136 resultaram em condenação, com a determinação do pagamento de multa – ou seja, cerca de um em cada três casos. É o que mostram dados do governo estadual obtidos pelo G1.

Os processos são baseados na Lei Estadual 10.948/2001, que prevê punição a "toda manifestação atentatória ou discriminatória praticada contra cidadão homossexual, bissexual ou transgênero", praticadas por pessoas físicas e jurídicas. As punições vão desde advertência, passando por pagamento de multa até a cassação de licença estadual de funcionamento de uma empresa, por exemplo. Desde 2002, foram pagos ao governo de São Paulo 21.500 UFESPs, cerca de R$ 570 mil.

Só nos últimos anos, a Ouvidoria da Secretaria da Justiça e Cidadania recebeu, de janeiro de 2017 até março de 2019, 199 denúncias por discriminação sexual.

75 denúncias em 2017
99 denúncias em 2018
25 denúncias até o final de março de 2019


Dentre essas denúncias, 112 foram registradas por pessoas entre 25 e 50 anos. Desse total, 82 foram por orientação sexual e 30 por identidade de gênero.

As cidades paulistas de onde partiram o maior número de denúncias foram:

São Paulo: 53 denúncias
Ribeirão Preto: 7 denúncias
Campinas: 3 denúncias
Carapicuíba: 3 denúncias
Santos: 3 denúncias
São Bernardo do Campo: 3 denúncias


A partir dessas denúncias, a Comissão Especial de Discriminação em Razão de Orientação Sexual ou Identidade de Gênero instaurou:

26 processos em 2017
14 processos em 2018
5 processos até março de 2019

Questionado sobre por qual motivo as vítimas fazem a denúncia mesmo sabendo que o valor das multas não será repassada a elas, o secretário da Justiça e Cidadania, Paulo Dimas Mascaretti, afirmou que elas buscam "dignidade".
A maior parte das vítimas quer preservar a dignidade, essas pessoas querem ser ouvidas e ressarcidas pela humilhação passada. As pessoas vêm pela dignidade. Como a punição não reverte para o ofendido, ele vem mesmo para buscar a dignidade, por um reconhecimento de políticas públicas", diz Mascaretti.
Um dos processos que terminou em condenação foi o caso que ficou conhecido como "agressão com lâmpada na Avenida Paulista"

Secretaria da Justiça, no Páteo do Collegio, onde tramitam os processos administrativos por discriminação
 contra LGBTs — Foto: Cíntia Acayaba/G1

Em novembro de 2010, um estudante de jornalismo, na época com 23 anos, foi agredido por um grupo de 5 pessoas, quatro menores de idade e Jonathan Lauton Domingues, então com 19 anos, enquanto voltava de uma balada na Avenida Paulista. O estudante foi atingido por uma lâmpada fluorescente no rosto, quando reagiu e continuou sendo agredido pelo grupo.

Segundo testemunhas, os agressores gritavam frases como “suas bichas”. A condenação administrativa foi feita pela Secretaria de Estado da Justiça e Defesa da Cidadania após representação da Defensoria Pública de São Paulo com base em uma lei estadual que prevê punições para pessoas físicas e jurídicas por atos de preconceito por orientação sexual.

Na mesma noite, o grupo teria agredido outras três pessoas na região da Paulista. Os agressores foram condenados pelo crime de homofobia e tiveram que pagar uma multa de R$ 25,7 mil cada.

Em abril de 2015, a Secretaria de Estado da Justiça e da Defesa da Cidadania de São Paulo condenou a torcida de futebol Camisa 12, do Corinthians, e seu presidente a pagarem multa de R$ 20 mil por atos homofóbicos em 2013 contra o beijo gay do jogador Emerson Sheik.

Em 2013, Emerson Sheik postou foto dando um beijo em um amigo
 — Foto: Reprodução

Naquela ocasião, os torcedores da Camisa 12 discriminaram e ameaçaram o atacante corintiano por ele ter beijado a boca de um amigo e postado foto do "selinho" na internet. Revoltada, a torcida organizada levou faixas com as frases "Viado não" e "Vai beijar a P.Q.P., aqui é lugar de homem" ao Centro de Treinamentos do Corinthians, na capital paulista.

Como tramita uma denúncia de discriminação sexual em SP — Foto: Wagner Magalhães/G1

A comissão que analisa as denúncias foi instaurada em 2001, com base na lei estadual. Ela é formada por cinco integrantes da secretaria.

A denúncia é feita pela ouvidoria, pela própria secretaria ou outro órgão encaminha para a comissão. Como não se trata de um processo judicial, não há a necessidade de registro de boletim de ocorrência.

Quando a pessoa relata o fato, um expediente é gerado e, a partir daí, o coordenador da comissão verifica se é o caso de tentar uma mediação antes da abertura do processo. A audiência é realizada por mediadores capacitados.
Os mediadores são servidores que passam por um curso de capacitação para a mediação e conciliação, normalmente, a própria escola de magistratura realiza esses cursos", diz o secretário.
Se há conciliação, o processo não é aberto.
O nosso percentual de mediações com bom resultado chega a quase 70%", afirma.
Se não há acordo, o secretário expede uma portaria para abertura. A partir do momento que a pessoa ou a empresa é citada, ela deve apresentar sua defesa, testemunhas são ouvidas e as provas analisadas. A comissão decide se apresenta a denúncia ou não para a abertura do processo administrativo.
Normalmente o que se prioriza é ouvir testemunhas. Às vezes, a denúncia se dá por rede social e a pessoa pode documentar as publicações. Em alguns casos, a prova documental é suficiente para apresentar a ocorrência", explica.
Depois, a comissão decide se aplica advertência, multa ou suspensão. O requerido pode e o secretário avalia se é o caso de manter a multa ou substituir por uma advertência, por exemplo.

A vítima é preservada durante todo o processo, que é sigiloso e somente as partes ou representantes legais das partes têm acesso aos autos do expediente.

A Secretaria lembra que a tramitação do processo administrativo não impede que a vítima procure a Justiça comum. A pasta também analisa casos de racismo, por meio de outra comissão, mas o número é menor: para cada 3 denúncias homofóbicas há uma racial.

Foto do dia do casamento de Paulo (à esquerda) — Foto: Arquivo pessoal

Segundo o secretário Dimas Mascaretti, os casos de discriminação que mais chegam à comissão são os relacionados ao ambiente de trabalho.
O que tem gerado mais denúncia são relacionadas a situações corporativas. Há muitas audiências de mediações", afirma.
Esse é o caso de Paulo Henrique, 28 anos, que se casou em dezembro de 2018 e, após a cerimônia, passou a receber comentários homofóbicos no ambiente de trabalho.
Pessoas me ligaram e contaram que a supervisão da BASF e operadores de produção estavam fazendo comentários homofóbicos a meu respeito, por conta do meu casamento”, afirma.
Paulo informou que os comentários tomaram uma grande proporção, vindos, inclusive, de parte da supervisão da empresa. A gerência convocou uma reunião com os funcionários, informando que a organização não tolera comportamentos de homofobia. Paulo procurou o canal de ética da empresa para denunciar o comportamento dos colegas de trabalho. A BASF informou que desligou o supervisor diretamente envolvido (leia mais abaixo).

Em fevereiro deste ano, Paulo procurou a Coordenação de Políticas para a Diversidade Sexual da Secretaria da Justiça e Cidadania, para fazer a denúncia. Ele teve que se afastar do trabalho por conta de problemas psicológicos que foram desenvolvidos em decorrência da situação de constrangimento.

A denúncia foi feita e protocolada pela internet no canal da secretaria.

Foi enviado juntamente os atestados médicos, laudos e demais provas nas quais comprovaram todo o episódio de assédio sofrido”. Depois da denúncia, Paulo afirma que a situação piorou e que passou a receber telegramas em casa sugerindo que ele abandonasse a empresa. “Emocionalmente estou desestruturado.”

Nota da BASF
A BASF informa que repudia veementemente e não tolera qualquer ato de violência ou discriminação. Assim que tomou conhecimento dos comentários inapropriados, contrários às políticas da empresa, realizados a um colaborador em uma de suas áreas produtivas, imediatamente ofereceu apoio ao colaborador e iniciou rigorosa apuração para tomar as medidas corretivas cabíveis.
Além de desligar o supervisor diretamente envolvido, a companhia advertiu os demais colaboradores da área de produção em questão e reforçou internamente suas políticas de diversidade pautadas pelo respeito que exige dos seus funcionários e parceiros. Apesar do apoio oferecido ao colaborador, bem como a possibilidade de transferência para outras localidades, mesmo fora de São Paulo, o colaborador não aceitou e, lamentavelmente, segue afastado com apresentação de atestados médicos.
Até o momento, a empresa não foi notificada sobre qualquer processo na Secretaria de Justiça e Cidadania de São Paulo. A companhia reforça ainda que realiza treinamentos e reorienta constantemente suas equipes, a partir dos seus valores e da sua sólida política de diversidade, que há anos conta com grupos de afinidade para desenvolver inúmeras iniciativas internas e externas voltadas à valorização e à inclusão das pessoas. Ao lado de outras empresas, aderiu desde o início à carta ‘10 Compromissos da Empresa com a Promoção dos Direitos LGBTI+’, elaborada pelo Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+, do qual é signatária."
Alberto Roggenbuck apresentou denúncia de agressão por homofobia — Foto: Arquivo pessoal

Albert Roggenbuck procurou a Secretaria após sofrer uma agressão na entrada do banheiro do terminal Parque Dom Pedro, no Centro de São Paulo. Ele estava voltando para casa quando foi enforcado por um homem, que o agrediu com socos e chutes.
Se eu fosse, digamos um ser humano ‘normal’, ele [agressor] não teria se incomodado com a minha pessoa e isso não teria acontecido. Eu deduzi que ele se sentiu incomodado porque quando eu virei as costas e saí, ele já me deu um mata-leão”, conta.
Mas, por falta de provas, segundo Albert, que comprovassem a agressão e indicassem um autor, o processo não foi instaurado.

Fonte: 

Horóscopo de julho (2019)

terça-feira, 2 de julho de 2019 0 comentários

Míriam Julie

Previsão de julho para todos os signos


ÁRIES 
21/03 a 20/04 

Durante esse mês você estará de muito bom humor, com pensamentos otimistas e bastante autoconfiança. Mesmo tendo problemas, você enxergará tudo mais ameno e pelo lado mais positivo. Poderá ganhar mais dinheiro, seja do próprio trabalho, seja através da sorte em jogos. Mas cuidado, pois também estará excessivamente generosa e gastadora. Ótimo período para fechar bons negócios, assinar bons contratos e para a situação profissional em geral. 

Também é boa época para firmar relacionamentos ou se casar. Boa fase para quem trabalha com Educação, Direito ou Línguas. Pode aparecer uma boa oportunidade de viagem. Aproveite! 

Sua saúde estará boa e a vitalidade física estará mantida. A circulação sanguínea vai estar muito ativada, assim como o fígado e a digestão. Este período é muito agradável e, mesmo que não lhe aconteçam muitas coisas boas, você terá uma sensação de bem-estar e alegria. 

No setor afetivo, a pessoa amada poderá estar mais exigente querendo sua atenção, ou esperando algum tipo de gesto mais romântico da sua parte, fique atenta as necessidades dela. 

TOURO
21/04 a 20/5 

Esse será um período cheio de mudanças positivas, principalmente em casa. As coisas acontecerão com muita rapidez e você quase não terá tempo de entender o que está acontecendo. 

Estará muito intuitiva e alerta, e saberá agir com rapidez e organização. Bom para quem faz muitas viagens de avião ou mexe sempre com aparelhos eletrônicos. 

O convívio com mulheres, no trabalho ou na vida social, poderá ser animador e positivo. É um período de muito progresso. Você poderá resolver modernizar várias coisas em sua casa para facilitar sua vida. 

Ficará agitada e com tendências à ansiedade, querendo mudar coisas que nem você mesmo sabe quais são. Não corra demais no trânsito; estará com muito gosto pela velocidade. 

No setor afetivo, tende a se sentir um pouco ansiosa com alguma situação que te preocupa, mas, com paciência e compreensão, conseguirá chegar a um bom entendimento com à amada. 

GÊMEOS
21/05 a 20/06 

Você estará com muita consciência moral e só vai aceitar agir dentro da lei. É um período em que você vai querer seguir a ordem estabelecida e não admitirá transgressões. Pode encarar a vida com mais seriedade e trabalhar bastante, mas sem perder o otimismo. 

Pode resolver assuntos financeiros e legais, mas com muita demora. Tudo levará muito mais tempo do que você imagina. Sua saúde andará frágil. Seu fígado vai estar mal e sua má-digestão pode se tornar crônica. Pode ter problemas arteriais ou tendência a cristalizações que levam à artrite ou à formação de pedras na vesícula. 

A vida amorosa tende a ficar em compasso de espera durante este mês, alguma situação mal resolvida será trazida à tona. No entanto, as chances de chegar a um entendimento são grandes, procure ouvir de verdade sua parceira e peça a ela que faça o mesmo. 

CÂNCER
21/06 a 22/07 

Durante essa fase, poderá ter uma sensação de alienação quanto ao trabalho. Seus projetos tendem a caminhar bem, mas poderá se distrair com certa facilidade. Procure cultivar a ponderação e a paciência, que lhe serão muito úteis. 

Quanto à saúde, cuide-se muito, pois estará sem vitalidade e estafada. Pode ter problemas ósseos, principalmente na coluna ou nos joelhos. Fique atenta à área digestiva. Se for necessário, procure uma reeducação alimentar. 

Se possível, planeje uma viagem com a amada. O mês é favorável para obtenção de maior harmonia e satisfação na área afetiva tanto pessoal quanto familiar. 

Embora possa sentir necessidade de ficar isolada para reflexão, sua parceira pode se sentir mais carente e necessitada de sua atenção. Tenha uma conversa tranquila para que cada uma possa ter um momento só para si mesma. 

LEÃO
23/07 a 22/08 

Você vai iniciar este mês mais estável e segura de si mesma. Evite se sobrecarregar de atividades e não aceite que abusem da sua boa vontade. A autoconfiança vai fazê-la se empenhar muito no trabalho, o que trará solidez e progresso em sua carreira. As coisas correrão de forma lenta, mas trarão maior ascensão social e profissional. Você vai se sentir muito mais segura. 

Bom contato com pessoas mais velhas, que irão valorizar bastante seu talento. O período é bom para compra ou venda de imóveis, ou para reformas e construções. Sua saúde estará boa e sua resistência física vai aumentar. Se tiver tratamentos dentários, ósseos ou de pele e cabelos, o momento é excelente para realizá-los. Bom período para estudos profundos e pesquisas. 

Sua vida afetiva necessita de mais atenção: se está sem ninguém, o período anuncia a entrada de uma pessoa interessante no seu caminho ligada à sua área profissional. Caso esteja em relação estável, o momento é bom para renovar laços amorosos. 

VIRGEM
23/08 a 22/09 

Durante este período, aproveite a energia de generosidade e bom astral na qual se sentirá envolvida. As pessoas tenderão a pedir mais seus conselhos ou querer sua presença. Mesmo com o lado profissional exigindo sua atenção, não deixe de comparecer aos convites feitos. 

É um mês de muita sorte para você. Pode conseguir ganhar mais dinheiro de uma forma repentina, seja em jogos seja principalmente pelo reconhecimento do seu bom trabalho. Estará numa fase feliz e de muita prosperidade . Pode resolver mudar algo em sua vida, e isso será muito positivo. É um momento ótimo para investir em novos aprendizados no campo pessoal ou profissional. 

Você estará muito mediúnica e interessada pelo lado espiritual da vida. Pode confiar em suas intuições, pois elas lhe revelarão coisas importantes. Contará com a proteção do plano espiritual: seu anjo da guarda zelará por você. O contato junto à natureza lhe ajudará a recarregar suas energias. 

Sua vida amorosa passará por uma renovação total, promovendo mudanças de paradigmas limitantes do passado relacionadas a sua vida afetiva. Estará mais consciente da liberdade necessária a uma relação saudável e, por isso mesmo, acabará tendo envolvimento intenso com pessoas especiais com as quais sentirá profunda afinidade e atração. 

LIBRA 
23/09 a 22/10 

Este início de mês traz bastante ânimo e disposição. Dá bem-estar e alegria de viver. Em compensação, você ficará com apetite exagerado e poderá engordar. A vida social e a popularidade vão melhora, e você receberá muitos convites para festas e passeios. 

Em casa, passará por momentos felizes, e o convívio familiar será positivo e benéfico. Estará com sorte para jogos ou para receber mais dinheiro no trabalho. O convívio com mulheres, da família ou não, estará beneficiado. 

A saúde estará favorecida e podem nascer crianças novas na família. Neste período poderá se reencontrar com seu passado. Reverá amigos de infância ou voltará a seu lugar de origem. Essas lembranças vão ser positivas e lhe trarão alegrias, com novidades surgindo em sua vida amorosa de forma inesperada. 

Na área afetiva, é possível que se sinta bastante nostálgica durante este período. Terá oportunidades de reencontros com pessoas que poderão acabar lhe surpreendendo ao revelar sentimentos por você. Alguém próximo a você, que poderá estar ligado à sua área profissional, parece lhe ter uma admiração grande. Caso queira investir em algo mais concreto, demonstre seu interesse sem medo. 

ESCORPIÃO
23/10 a 21/11 

Poderá sentir um chamado interior para busca de novos grupos de amigos, ligados à novas filosofias de vida. No setor profissional, tenderá a agir de forma um pouco mais relaxada, porém, nem por isso, menos eficiente. Essa diminuição do ritmo de trabalho trará maior tranquilidade e bem-estar. 

Sua saúde entrará em uma fase mais equilibrada. Poderá ocorrer uma vontade de experimentar novos alimentos ou até mesmo adotar uma dieta alimentar diferente que promova uma melhoria para sua saúde. Preste atenção à circulação das pernas. 

No setor afetivo, poderá ter ótimas surpresas a respeito de pessoas que viajam com frequência ou que tenham origem no exterior. Sentirá uma afinidade profunda com elas de modo a querer assumir compromisso amoroso, apesar da distância. 

Procure se mostrar mais atenciosa com seus familiares que sentirão falta da sua presença . 

SAGITÁRIO
22/11 a 21/12 

Este é um mês muito benéfico para quase todos os assuntos. Mesmo que você esteja com problemas, eles serão amenizados por este aspecto. 

Os assuntos afetivos estarão excelentes. Novos romances poderão acontecer, ou mesmo um renascimento num relacionamento que andava meio sem graça. Bom período também para casamentos e noivados. 

A fase também é ótima para lidar com finanças. Seus investimentos vão render bastante e pode até ganhar mais dinheiro em algum golpe de sorte. Para quem precisa lidar com mulheres, no trabalho ou na vida social, o momento é favorável. 

A saúde estará protegida e você se sentirá bem animada. A digestão e a circulação, regidas por Júpiter e Vênus, estarão ótimas, mas você terá tendência a engordar. Bom período para tratamentos estéticos e assuntos artísticos. 

CAPRICÓRNIO
22/11 a 19/01 

Será um período agitado e cheio de mudanças repentinas em casa ou no trabalho. Poderão surgir várias oportunidades de viagens de avião bastante interessantes. Bom período para quem trabalha em órgãos públicos ou com administração. Seu raciocínio estará ágil e você resolverá problemas com bastante rapidez. Também saberá organizar tudo que faz com perfeição. 

O tempo passará com extrema rapidez, mas será um período produtivo e de muita modernização em sua vida. Você estará otimista, mesmo assim vai estará ansiosa por maior liberdade e independência em sua vida. Não tome atitudes precipitadas por causa disso. 

Neste período você estará particularmente intuitiva. Aproveite e dê crédito às suas intuições. 

Com relação à sua saúde, fique atenta a áreas ligadas aos quadris, rins, bexiga e articulações que podem ficar mais sensíveis. 

No setor afetivo, seu entusiasmo e bom humor tenderão a atrair pessoas com o mesmo astral e, ainda que não queira investir em nada mais sério, poderá viver momentos ótimos que trarão uma serenidade emocional muito positiva. 

AQUÁRIO
20/01 a 18/02 

Durante esse período você se tornará mais séria e responsável e sentirá que está encarando a vida de forma mais produtiva. 

No setor profissional, poderá se surpreender favoravelmente com propostas de trabalho inusitadas. Não tenha medo e arrisque novos caminhos. 

Pode se entender melhor com pessoas de idade e até ser prestigiado por elas. Se você tem problemas ósseos, principalmente de coluna ou joelhos, poderá conseguir uma boa melhora. 

Você terá mais ânimo para se dedicar a pesquisas ou qualquer estudo que exija muita concentração. É um bom período para você fazer as pazes consigo mesma, tornando-se mais consciente e realista quanto às realizações que busca em sua vida. 

A vida amorosa pede mudanças para que possa ter continuidade, procure estar mais atenta à amada. O setor afetivo poderá passar por um período de avaliação, antes que decida seguir adiante com o relacionamento. 

PEIXES
19/02 a 20/03 

Durante este período, tenderá a se sentir mais animada, estará muito segura e com sensação de solidez. Vai enxergar a vida de uma forma mais organizada e ponderada. As pessoas com quem você convive vão notar a diferença e achá-la mais madura. Seu humor vai estar mais equilibrado, e você vai se sentir mais calma. 

No setor profissional, aproveite esta fase para adiantar os planos que pretende colocar em prática no segundo semestre. Projetos apenas esboçados há 4 meses parecerão bastante promissores agora. 

Bom aspecto para consolidar seu relacionamento com alguém que você sinta maior afinidade. Em nível familiar, afetivo ou social sua presença será mais cobrada. 

A saúde vai passar por bons momentos. Poderá conseguir se curar de algo que a incomodava. De qualquer forma, estará com o organismo muito equilibrado. É um período de boa saúde e bom para tratamentos ginecológicos.



Miriam Julie (Gunadhara Miten)
Terapeuta Credenciada pela Comunna Metamorfose
Whats app: 11 964 05 1934 – e.mail : gunadharametamorfose@gmail.com

Terapeuta Tântrica e Renascedora com Especialização em Disfunções Sexuais. Coordenadora de Núcleo de Desenvolvimento de Massagem Tântrica, Instrutora de Cursos Individuais e em Grupo de Massagem Tântrica, Instrutora de Delerium Privativa para casais (de todas as orientações sexuais).

Terapeuta Holística e Astróloga Humanista há 32 anos, mantém, desde 2004, as previsões astrológicas anuais e mensais, entre outras, do site da Um Outro Olhar. É também Orientadora Sexual, tendo trabalhado como voluntária em Grupos de Ajuda a mulheres que sofreram abuso sexual, utilizando o Método Deva Nishok e a terapia energética,  obtendo ótimos resultados.
Utiliza em seus atendimentos as Terapias Tântricas com o objetivo de refinar a sensibilidade, expandir e intensificar a sensação orgástica, gerando maior sustentação da bioenergia do corpo, energização dos chackras e equilíbrio da produção hormonal.

Para consultas online ou pedidos de mapa astral, combinação de mapas, previsões(sinastria), agendamento de terapia tântrica e cursos de massagem, entrar em contato por Whats app: 11 96405 1934; miriam.julie@gmail.com

Síndica ofendida por ser lésbica receberá indenização de 15 mil reais

quarta-feira, 26 de junho de 2019 0 comentários


Moradores pagarão R$ 15 mil a síndica ofendida por ser homossexual

A responsabilidade civil independe da criminal. Por isso, pode ser reconhecida mesmo que o alegado ato ilícito não tenha gerado condenação penal ao acusado. Com esse entendimento, a 10ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul reformou sentença que negou dano moral e o consequente pagamento de indenização a uma síndica hostilizada por sua orientação sexual.

Vítima de injúria, difamação e discriminação sexual, ela receberá R$ 15 mil, reparação a ser paga, solidariamente, por dois condôminos, que ligaram a suposta má administração do condomínio à homossexualidade da síndica. Segundo os autos, eles se referiam à autora como ‘‘machorra’’, ‘‘mulherzinha’’, ‘‘filha da puta’’, ‘‘bosta’’ e ‘‘ladrona’’, insinuando desvio de dinheiro.

Na ação indenizatória, a autora contou que, desde que se mudou para o condomínio, vem sofrendo com a conduta discriminatória de alguns moradores, embora de maneira velada. Disse que, depois que assumiu a função de síndica, a discriminação sexual passou a ser mais acentuada, especialmente por parte de três moradores, insatisfeitos com sua atuação. Afirmou que os boicotes, as ofensas e as atitudes discriminatórias não só a impediram de implementar algumas mudanças de gestão como ainda lhe causaram abalo psicológico, tanto que desenvolveu quadro depressivo.

No primeiro grau, a 1ª Vara Cível do Foro Central da Comarca de Porto Alegre julgou a indenizatória totalmente improcedente. O juiz Sylvio José Costa da Silva Tavares entendeu que os crimes contra a honra só têm repercussão na área cível, ressalvadas as excepcionalidades, se antes houver a responsabilização penal. Assim, no caso dos autos, se houvesse injúria, difamação e discriminação sexual, como afirmado na inicial, a autora deveria ter apresentado a respectiva queixa-crime na polícia.
Contudo, inexiste notícia de que a demandante [a autora] tenha promovido a ação penal privada. Desinteressando-se a parte autora pela repercussão principal que se daria na esfera criminal, tenho que não se legitima a reparação na esfera cível. Não fosse apenas isso, a prova produzida nos autos pela parte autora não foi suficiente à comprovação da versão inicial’’, definiu o julgador.
Esferas independentes

O relator da apelação na 10ª Câmara Cível do TJ-RS, desembargador Paulo Roberto Lessa Franz, reformou o julgado, por entender que a responsabilidade civil, nos termos do artigo 935 do Código Civil, independe da criminal. Além disso, ele considerou que a prova oral colhida na instrução processual corrobora a inicial, evidenciando a conduta preconceituosa de dois dos três réus arrolados na ação.

Conforme o voto de Franz, a autora deixou consignado em ata da assembleia geral do condomínio que estava se afastando do cargo de síndica por, nas palavras dela, não estar ‘‘mais conseguindo dar andamento ao [...] trabalho em função de comportamento hostil de um grupo de condôminos”, os quais tornaram inviável a administração ‘‘em função de homofobia, calúnias e difamação”.

Também ressaltou o teor dos depoimentos de funcionários, que confirmaram o uso de palavras agressivas e preconceituosas contra ela. Um dos réus, segundo testemunha, chegou a dizer que a autora, “por ser machorra, não estava fazendo um bom trabalho”.

Para o relator, a palavra ‘‘machorra’’ carrega preconceito e nítido conteúdo pejorativo, causando humilhação e ‘‘imensurável abalo’’ à honra e à imagem da autora, bens personalíssimos merecedores de proteção jurídica (artigo 5º, inciso X, da Constituição).
Ademais, eventuais divergências existentes entre os moradores quanto à administração do condomínio, e até mesmo eventual má gestão por parte da síndica — o que sequer está sendo discutido na presente demanda — não justificam, de modo algum, o comportamento preconceituoso dos réus’’, afirmou.
Clique aqui para ler a sentença.
Clique aqui para ler o acórdão.
Processo 001/1.16.0011552-8 (Comarca de Porto Alegre)

Fonte: Conjur, por Jomar Martins, 23/06/2019

Conheça os casais de mulheres da copa do mundo feminina

segunda-feira, 24 de junho de 2019 0 comentários

Casais da seleção (Foto: Reprodução/ Instagram)

Conheça os casais da copa do mundo feminina


A revista Quem reuniu o time de jogadoras lésbicas e bissexuais que estão arrasando na Copa do Mundo Feminina que acontece na França.


Cristiane Rozeira, atacante da Seleção Brasileira, namora a advogada Ana desde fevereiro. As duas vivem trocando declarações nas redes sociais. A jogadora foi destaque no jogo do Brasil contra a Jamaica, em que marcou os três gols da partida.



Isabell Herlovsen, atacante da Noruega, é casada com Christine Porsmyr. O casal enfrentou uma fase difícil em 2017, quando perdeu filhos gêmeos durante a gestação. A jogadora e a mulher têm o fofíssimo Henrik, que nasceu em julho do ano passado.



Defensora dos Estados Unidos, Tierna Davidson conheceu a namorada, Alison Jahansouz, na faculdade. As duas jogavam no time de futebol da Universidade de Stanford e vivem trocando declarações nas redes sociais.



Por conta da competiação, Bárbara Micheline, a goleira da Seleção Brasileira, comemorou o Dia dos Namorados longe da amada, Lidiane. A jogadora publicou uma declaração no Instagram para registrar a data especial.



Rachel Daly é atacante da Inglaterra. Ela e a namorada, Kristie Mewis, jogam juntas no Houston Dash, time de futebol dos Estados Unidos.



Jogadora da Austrália, Sam Kerr participou recentemente de um documentário e falou abertamente sobre o apoio da namorada, Nikki Stanton, quando sofreu uma lesão em 2015. As duas jogam juntas no Chicago Red Stars, time de futebol dos Estados Unidos.



A maior artilheira em Copas do Mundo, Marta, atacante da Seleção Brasileira, namora a jogadora Toni Pressley. As duas jogam juntas no Orlando Pride, time dos Estados Unidos.



Debinha, meia da Seleção Brasileira, namora a também jogadora Meredith Speck. Elas jogam juntas no North Carolina Courage, time dos Estados Unidos.



Megan Rapinoe, meia dos Estados Unidos, ganhou destaque além do campo. A jogadora virou manchete ao não cantar o hino americano nos jogos da Copa. "Como uma americana gay, eu sei o que significa olhar para essa bandeira e não tê-la como símbolo de proteção à sua liberdade. É algo pequeno que eu poderia fazer e planejo continuar fazendo para tentar espalhar uma discussão importante sobre isso", afirmou a jogadora em 2016 para a Associated Press. A atleta namora a jogadora de basquete Sue Bird.

Lorena Benítez joga pela Argentina. Ela é casada com Veronica Rivero com quem tem dois filhos, Ezequiel e Renata, que nasceram em maio deste ano.

Destaque da seleção da Itália, Manuela Giugliano namora Ambra Capotosto. A jogadora de apenas 21 anos faz parte do time A.C. Milan. O relacionamento já dura mais de um ano.

Fonte: Revista Quem, 19/06/2019

 
Um Outro Olhar © 2019 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum