Casal de mulheres ganha presente duplo feito por filha na creche

sexta-feira, 13 de maio de 2022 0 comentários

                              Elis, de 1 ano e doze meses, entregou presente para as duas mães;                                 post com foto chegou a mais de 100 mil curtidas no Twitter

Quem tem filhos que frequentam creche ou escolinha sabe que possivelmente receberá, em alguma data comemorativa, um presente personalizado feito pela criança durante a aula. Nesta sexta (6), foi a vez de a biomédica Tainá Maia e a servidora pública Keite Valença entrarem para esse time: mães de Elis, de 1 ano e 11 meses, elas viram a menininha chegar com duas almofadas, cada uma desenhada para uma das mães.

Juntas há 12 anos, elas vivem o que é chamado dupla maternidade. O casal acredita que falar sobre mães lésbicas e outras configurações de família que não sejam apenas pai e mãe é importante. Por isso, Keite foi ao Twitter celebrar o mimo enviado pela creche. A foto das três conquistou os usuários da rede social: até a publicação desta reportagem, haviam sido 113 mil curtidas e mais de mil compartilhamentos do conteúdo celebrando a imagem.
Ficamos felizes com a repercussão. Falta a discussão de que família não é só pai e mãe, existem várias conformações do que é família", comentou a servidora pública em entrevista para o site Universa.

 Dupla maternidade e o presente de Dia das Mães

As mães, que moram no Rio de Janeiro, se surpreenderam
com o presente entregue pela creche de Elis Imagem: Arquivo pessoal

Keite e Tainá viverão o segundo Dia das Mães com a pequena Elis nos braços. Neste ano, no entanto, o presente das mães foi garantido pela creche: a menina usou carimbos de coração para enfeitar uma almofada com o nome dela e a mensagem "Mamãe, te amo".

A servidora pública diz que antecipadamente já sabiam que a escola era "preocupada com a inclusão e com as particularidades de cada criança". Mas o mimo foi uma surpresa.
Essa consideração da creche nos deixou muito felizes. Lá, eles também fazem o Dia das Famílias e não fazem festinhas de Dia das Mães ou Dia dos Pais, para não ficar uma situação de constrangimento para as crianças que não têm essa configuração familiar com pai e mãe."
Tainá conta que foi buscar a filha na escola e a professora comentou:
Se ela tem duas mamães, tem que levar dois presentes".
Para ela, o episódio é um pequeno movimento em uma extensa luta para o fim do estigma que recai sobre diferentes configurações de família.
Quando começamos a nos relacionar, não era permitido nem casar, que dirá ter dupla maternidade. Hoje, quando o bebê nasce já é possível até colocar o nome das duas mães na certidão. É um avanço, mas ainda temos um caminho longo."
Para Keite, o fato de a foto da família ter recebido tantos elogios no Twitter também indica essa mudança comportamental e novos caminhos na representação de mães lésbicas.
Vi meninas lésbicas dizendo que daqui a uns anos querem isso para elas. É uma representatividade que não tínhamos há 20 anos."

Gestação foi realização de um desejo das duas mães; hoje, Elis tem quase dois anos
Imagem: Arquivo pessoal..

Keite e Tainá contam que estão numa fase de viver "a delícia que é criar um ser humaninho" como Elis.
Sempre quis ser mãe, nos programamos para isso. E nós duas participamos de tudo ativamente, Tainá até conseguiu amamentar nos primeiros meses de vida da nossa filha [é possível fazer tratamento para indução de produção de leite materno]", diz a servidora pública.
Para este domingo, a família terá uma programação agitada: vai visitar avós e bisavós e celebrar a maternidade entre elas.
Queremos dar atenção a todas essas mulheres que ajudaram a nos formar e que, com certeza, já estão ajudando a formar Elis", explica Keite.
Clipping Ela tem duas mamães': casal ganha presente duplo feito por filha na creche, por Nathália Geraldo, Universa, UOL, 07/05/2022

Apesar de 47.000 registros de crianças por duas mães, a lei ainda não é igualitária para as lésbicas.

quarta-feira, 11 de maio de 2022 0 comentários

A decisão de quem vai gestar o bebê é particular,
mas as tentativas costumam ser duplas.
Imagem: Depositphotos

Mesmo com mais de 45 mil registros em certidões de nascimento por duas mães nos últimos nove anos, leis do país não garantem direitos

Hoje é cada vez mais comum acompanhar o processo de gravidez que envolve duas mulheres. De perfis nas redes sociais a casais de famosas como Nanda Costa e Lan Lanh, mulheres lésbicas compartilham a realidade da chamada dupla maternidade. De acordo com a Associação dos Notários e Registradores do Brasil (Anoreg/BR), entre 2013 e fevereiro de 2022, foram realizados 47.124 registros de crianças por duas mães em todo o Brasil.

Se por um lado, a dupla maternidade tem ganhado as redes sociais e os lares brasileiros, a legislação ainda está longe de contemplar esse modelo familiar. Abaixo entrevista do site Nós com a advogada Lucila Lang do escritório Lang & Michelena Advogadas que atende, em especial, casos de pessoas LGBTQIA+, que relatou os principais desafios enfrentados por mulheres lésbicas na hora de ter filhos.

Lei ainda é restrita para quem gesta

A decisão de quem vai gestar o bebê é muito particular. Pode ser quem nutre um maior desejo ou quem está mais apta sob a perspectiva de saúde física e mental, por exemplo. Em muitos casos a tentativa é dupla, com ambas as mães passando pelos processos para engravidar. No entanto, na maioria dos casos, apenas uma das mulheres do casal engravida, o que faz com que automaticamente, as leis sejam exclusivas para elas.
Culturalmente nossa sociedade parte do princípio que o lugar da maternidade está ligada à gestação e essa visão é geral e não só da lei", explica Lucila.
Licença-maternidade e salário-maternidade são os principais direitos quando se fala em parentalidade e, em geral, estão atrelados.
São coisas diferentes mas que acontecem juntas. A licença é o período de afastamento do trabalho, já o salário significa a verba disponibilizada durante o período de afastamento", explica a advogada.
Para quem gesta, a legislação prevê 120 dias; já quem não, tem direito a cinco dias na chamada licença-paternidade, que não conta com remuneração. Outro benefício também exclusivo de quem gesta é a estabilidade, que proíbe a empresa de desligar a pessoa quando retornar ao trabalho.
Essa falta de suporte faz com que muitas mulheres não confrontem as empresas que trabalham, afinal não existe nenhuma garantia de suporte financeiro ou de que seguirão contratadas após a licença", relata.
Esse possível confronto se dá, em especial, porque com a falta de legislação cabe às empresas o estabelecimento de políticas que beneficiem quem não gesta, sendo necessária a ação de vários agentes: se o RH está disposto a comprar a briga dentro da empresa, quais são as políticas já estabelecidas desta organização, se a gestão apoia ou não a causa e assim por diante.

Mãe e Mãe

Outro desafio encontrado pelas mães é o próprio registro do bebê. O provimento 63/2017 do Conselho Nacional de Justiça prevê a lavratura do registro de duas mães em caso de reprodução assistida, desde que se apresente uma série de documentos, incluindo laudos da clínica de fertilização, o que já exclui automaticamente casais que optam por outras formas de reprodução como inseminação caseira. 
Existe a certidão de nascido vivo que é emitida pelo hospital, que depois de muita luta passou a trazer recentemente os campos de genitor(a) 1 e genitor(a) 2, ao invés de pai e mãe, e mesmo com essa certidão e os documentos da fertilização tem cartório que recusa o registro", detalha a advogada, revelando que o mesmo não acontece com casais heterossexuais.
Para registrar o bebê com dupla maternidade as mães enfrentam uma série de burocracias Foto: iStock

A legislação também só autoriza o nome de ambas as mães na certidão de nascimento se o casal for legalmente casado, porém, caso um homem chegue no cartório sem nenhuma relação formal com a mulher que deu à luz, não é exigida nenhuma documentação específica.
São processos burocráticos completamente diferentes e sem nenhum motivo", aponta a advogada.
No momento, segue na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 5423/20, proposto por Maria do Rosário (PT-RS), que busca garantir o direito de registro de dupla maternidade ou paternidade a casais homoafetivos que tiverem filhos independentemente do estado civil, mas sem previsão de avanço nas tramitações.

Falta de acesso acentua desigualdade

Lucila aponta que nunca tomou conhecimento de um caso de inseminação caseira em que as mães conseguiram o registro, e consequentemente acesso aos direitos, sem judicialização.
Conforme vai se criando jurisprudência o caminho encurta e hoje já vemos casos onde os pedidos judiciais se dão no começo da gestação e ao nascer já há um parecer, porém, por anos acompanhei crianças com três, quatro anos de idade sem o registro das duas mães", relata, lembrando ainda que o casal precisava apresentar uma série de laudos de assistência social e psicólogos para conseguir o direito de registrar o filho ou filha.
Ainda que o país conte com um programa de reprodução assistida público, via SUS, o tempo médio de espera é de quatro anos, o que faz com que muitas pessoas não consigam esperar, inclusive pelo fator etário, que pode inviabilizar a gestação. Para uma pessoa de 30 anos, a taxa de sucesso do procedimento de fertilização assistida é de 34%. Já aos 45 anos, essa taxa cai para 12%.
Todo o processo é muito caro, desde o acesso a medicação, passando pelo rastreamento genético e chegando aos procedimentos em si. E isso faz com que a questão do direito reprodutivo seja uma questão de classe, raça e território", finaliza Lucila, fazendo referência ao fato de que apenas oito dos 27 estados oferecem o serviço gratuitamente ou a um custo razoável: Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Distrito Federal, Goiás, Bahia, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul.
Clipping Os desafios legais da dupla maternidade, por Iran Giusti, Terra (Nós), 07/05/2022

Horóscopo de maio (2022)

domingo, 1 de maio de 2022 0 comentários

Miriam Julie

♈ ÁRIES
21/03 a 20/04

Este é um trânsito extremamente importante e a predisporá a fazer tudo em grande estilo. Sua energia estará em alta, e você, ambiciosa em tudo que fizer.

Embora realmente precise dispender energia fisicamente, tome cuidado para não agir com imprudência. Independente do que faça, a disciplina e o comedimento serão indispensáveis. Não superestime sua capacidade, nem para os outros nem para si própria.

Você será capaz de muita coisa durante este trânsito, portanto não será preciso exagerar. Contudo, esteja atenta para não se enganar quanto a sua capacidade, pois corre o risco de desgastar-se tentando fazer o impossível. Pela mesma razão, procure não correr riscos desnecessários. A sensação de onipotência que este trânsito infunde não é real, pelo menos não tanto quanto você imagina.

Às vezes, o trânsito representa um conflito em que você tenta romper com as restrições impostas por outra pessoa. É difícil dizer se você tem razão, isto é, se essa pessoa realmente é muito exigente ou a está tolhendo demais. Por isso, é preciso analisar a situação com cuidado antes de agir.

Apesar de sua grande necessidade de se afirmar agora, certifique-se de usar a energia deste trânsito numa situação em que ela possa ser construtiva. Evite agir sob impulso, pois pode entrar em apuros sem necessidade.

♉ TOURO
21/04 a 20/5

Este trânsito lhe conferirá uma coragem bastante real. A diferença entre a coragem e a temeridade está no autoconhecimento, algo que lhe é necessário para fazer este trânsito funcionar positivamente.

Se agir com calma e ponderação, este poderá ser um período de muitos sucessos, levando-a a superar obstáculos e realizar feitos de que nem sempre se sente capaz. Se não perder a cabeça, poderá defender suas posições e, ao mesmo tempo, tornar construtivas futuras situações de confronto.

Normalmente as pessoas se sentem muito bem com este trânsito, além de otimistas e generosas. Você se interessará pelo bem-estar dos que a cercam e desejará proteger as pessoas que ama.

No momento, sem muito esforço, você estará atraindo recursos e circunstâncias favoráveis. Embora se sinta tentada, evite cair na ilusão de que tudo ficará assim indefinidamente. É bem possível que as pessoas, principalmente mulheres, a procurem durante este trânsito e, independente da razão, poderão influir a seu favor em questões profissionais ou pessoais.

Este trânsito pode estimular em algumas pessoas um interesse pelo pensamento religioso ou espiritual, mas nesse caso ele estaria mais relacionado a questões como a ética e a moralidade que a uma abordagem mais propriamente mística da religião. Na pior das hipóteses, você pode contar com um período de bem-estar agora. Mesmo que nada de espetacular aconteça durante o trânsito, você terá uma sensação de satisfação e de paz consigo mesma.

♊ GÊMEOS
21/05 a 20/06

Este trânsito costuma provocar contatos bastante intensos, podendo transformar completamente seus relacionamentos mais importantes.

O problema é que às vezes seus efeitos não são propriamente amenos. Você talvez verifique que seus principais relacionamentos, inclusive os mais íntimos, como o namoro/casamento, atravessam uma fase de conturbações, dando-lhe pouca paz de espírito. É possível que, mesmo contra sua vontade, uma relação em risco ou superada chegue ao fim agora.

Mas tenha certeza de que, se neste momento algum relacionamento caminhar para um desfecho como a ruptura, estará abrindo caminho para o início de uma nova vida para você. Novos relacionamentos substituirão os antigos, destinando-se a propósitos mais construtivos.

É possível que as pessoas que entrarem em sua vida agora exerçam grande impacto sobre sua mente e suas emoções, quase como se tivessem sobre você um poder mágico. Por mais que tente fugir à influência delas, você sentirá como se estivesse presa a elas por um fio invisível.

Essas pessoas tentarão dominá-la através de um complexo subconsciente, aproveitando-se de um medo ou fraqueza existente em você mesma. Talvez elas façam isso até inadvertidamente; seu poder pode ser tão subconsciente quanto o complexo que de algum modo detectaram em você. Será imprescindível que você descubra qual a parte de si mesma que lhes dá tamanho poder.

Não responsabilize os outros, por mais culpáveis que pareçam. Por meio dos conflitos com essas pessoas é que você demonstrará seus pontos fracos e aprenderá como resolvê-los.

♋ CÂNCER 
21/06 a 22/07    

Neste momento você será especialmente bem-sucedida trabalhando ao lado de outras pessoas. Será capaz de enxergar sua individualidade e sua diferença de modo a trabalhar com espírito de cooperação e não de competitividade. Pouco importa se as pessoas com as quais trabalhar estejam em seu nível ou lhe sejam superiores; o resultado será o mesmo.

Como não estará particularmente inclinada ao idealismo, poderá acercar-se de suas metas com sensatez e pragmatismo. Você estará bem mais interessada em obter o que deseja em termos práticos e concretos.
Empregue bem este tempo, pois terá a oportunidade de construir uma base que a protegerá no futuro.

É possível também que durante este período você se interesse por questões místicas e espirituais, principalmente filosofias orientais que preguem a negação do ego e o desinteresse pelas coisas materiais.

Você talvez se sinta particularmente atraída pelos movimentos que possuírem como líder um guru carismático, que represente a figura do pai. É provável que essa atração não a prejudique em nada, todavia procure não assumir compromissos definitivos até o final deste trânsito.

Evite sucumbir agora a possíveis sensações de cansaço e derrotismo. Talvez chegue à conclusão de haver estado excessivamente preocupada consigo mesma, fazendo-se mais importante do que deveria, mas não precisa repreender-se tão severamente.

Todos fazem isso vez por outra. Ao invés disso, procure abrir-se às esplêndidas influências que podem entrar em sua vida agora, ensinando-lhe muita coisa acerca da natureza do cosmo. Muito do que aprender agora comprovará depois ser de valor permanente.

♌ LEÃO
23/07 a 22/08

Este trânsito lhe permitirá agir devagar e pacientemente para construir o que deseja. Você será capaz de lembrar de suas metas de longo prazo enquanto dá andamento a questões corriqueiras que possam surgir.

Tudo que fizer agora será em geral bem feito. Você terá uma maior compreensão da relação entre as partes e o todo. O momento é propício a todas as preocupações de ordem prática.

Embora pragmático, seu raciocínio terá longo alcance e previsão. Por isso, esta é uma excelente hora para expandir negócios já existentes, dar início a novos ou aventurar-se em diferentes ramos. Após detectar a solução mais prática para um problema, irá imediatamente executá-la. Um dos pontos mais fortes deste trânsito está na clareza da intenção.

Como não terá vontade especial de estar com outras pessoas ao longo deste período, será um bom momento para agir por conta própria e refletir sobre as coisas, de modo a ter uma noção mais clara do que realmente deseja fazer. Não se preocupe com a solidão. O recolhimento lhe será benéfico e agradável.

Todos os seus atos estarão subordinados a um forte senso de dever. Você estará consciente de suas responsabilidades neste mundo e se disporá a cumpri-las da melhor forma possível. 

Talvez você assuma até uma atitude maternal para com as pessoas que a cercam, desejando protegê-las e assumir os problemas delas como se fossem seus. Cuidado para não exagerar, pois, apesar de suas boas intenções, a partir de certo ponto você perde o direito de tomar conta da vida dos outros. Todos devem resolver seus próprios problemas.

Mesmo que agora surjam adversidades, não é provável que se deixe afetar seriamente por elas. Você as analisará de um ponto de vista filosófico, contabilizará os prejuízos e prosseguirá rumo à próxima fase. Tendo em mente aonde quer chegar, não lhe será difícil manter-se fiel a seus objetivos.

♍ VIRGEM
23/08 a 22/09

Este trânsito marca o início de um novo ciclo de progresso e crescimento. Entretanto, muitas vezes é um foco de expectativas exageradas. Você pode esperar reviravoltas espetaculares, muita riqueza e sorte, além de todo tipo de maravilhosas oportunidades. Às vezes tudo isso acontece neste trânsito, mas se deve esperar efeitos mais sutis, embora igualmente bons.

Os fatos de agora, tais como encontros com certas pessoas ou até mudanças em seu psiquismo, abrem-lhe o caminho para tornar-se mais sábia e mais madura, permitindo-lhe uma maior compreensão do mundo. Neste ponto, você estará se esforçando consciente e inconscientemente, tornando-se também mais exigente. Porém, ao mesmo tempo, estará disposta a dar mais de si.

O trânsito tanto pode torná-la mais exigente quanto mais generosa em relação aos outros. Mas não imagine que conseguirá extrair dele o melhor se pensar apenas no que pode ganhar. A lei universal da conservação de energia diz que se podem transformar as energias, fazendo-as passar de uma forma a outra, mas que não se podem criá-las do nada. Este trânsito representa um instante em que você deve verificar se vem fazendo isso em sua vida.

Especificamente falando, você pode contar com o surgimento de pessoas que a beneficiarão ou de circunstâncias que lhe permitam maior liberdade ou uma oportunidade de fazer algo que jamais tenha feito. É possível que agora tenha a chance de fazer cursos ou viagens.

Às vezes este trânsito de fato promove vantagens financeiras, mas você não deve ficar parada esperando que elas aconteçam. Este é um excelente momento para investir em sua carreira e profissão, contanto que tenha o cuidado de não exagerar nem se desgastar excessivamente.

♎ LIBRA
23/09 a 22/10

Esta é uma época em que a vida aparentemente flui com facilidade. Com pouco esforço consegue-se ir na direção pretendida, e até os ideais parecem estar ao alcance da mão. Trata-se de um período de crescimento, otimismo e relaxamento.

Em muitos aspectos, esta é uma boa hora para parar e analisar com calma a forma como sua vida vem correndo. Como se sentirá cheio de energia e vigor, o momento é excelente para dar andamento a seus interesses em praticamente qualquer área, mesmo que não sinta o ímpeto de fazê-lo.

Os relacionamentos costumam funcionar muito bem sob esta influência, levando-a a apreciar a companhia dos amigos. Este trânsito em geral indica diversões, na medida em que seu entusiasmo pela vida transborda e contagia todos os que a cercam.

O trânsito é igualmente favorável ao planejamento, pois você estará propensa a "pensar grande", em função de seu otimismo. Se por um lado há riscos de se exceder nessa tendência, por outro você estará alerta a oportunidades que normalmente não perceberia ou teria medo de aproveitar.

Você se sentirá generosa e tolerante, não se aborrecendo facilmente com as coisas que derem errado. Saberá que há bastante tempo para corrigir os problemas, então não se preocupará.

Além disso, não se irritará com as pessoas que normalmente a tiram do sério, podendo até dispor-se a dar tempo e atenção aos relacionamentos que possam estar difíceis ou complicados.

♏ ESCORPIÃO
23/10 a 21/11

Este será um período de equilíbrio em sua vida, pois agora você já terá uma ideia bastante definida de como administrar seu próprio mundo. As coisas costumam correr de modo mais ou menos tranquilo durante este trânsito. Entretanto, é importante observar que a época não será necessariamente de paz ou alegria especiais.

As pessoas se governam por suas próprias necessidades muito mais do que imaginam, mas frequentemente essas necessidades são inconscientes. Muitas vezes ficaríamos horrorizadas se soubéssemos o que realmente pretendemos.

Tentamos nos proteger e proteger tudo aquilo que acreditamos que é nosso, contra "ameaças" que quase sempre não são reais. Mas, apesar disso, estruturamos nosso universo de acordo com elas. Este trânsito garante o sucesso apenas na padronização desse mundo próprio. Se você estiver muito triste neste momento, o melhor a fazer é analisar o que realmente anda fazendo.

Este trânsito pode propiciar a realização de seus mais importantes objetivos conscientes de vida. Ou pode ser uma época em que você seja levado em grande parte por "programações" inconscientes. Provavelmente você viverá um pouco desses dois efeitos.

Contudo, a longo prazo, as possibilidades positivas prevalecerão. Em relação ao lado negativo deste trânsito, saiba que as dificuldades e insatisfação que vive agora exigem que você olhe mais para dentro de si mesma. O lado profissional poderá surpreende-la com mudanças favoráveis.

♐ SAGITÁRIO
22/11 a 21/12

Este é o momento para fazer grandes planos e concretizar diversas ideias que vem alimentando há tempos. Agora será possível torná-las realidade, contanto que evite certas armadilhas. Neste caso, o principal é procurar não pensar grande demais, tentando fazer coisas absurdas ou impraticáveis. 

Se conseguir verificar cada detalhe, como exige a realização de todo negócio bem-sucedido, o momento é excelente para a finalização de todo tipo de transação comercial, mas é muito importante não negligenciar nenhum detalhe que possa afetar o resultado.

Este trânsito permite que se vejam os padrões gerais das coisas e que se façam planos com previdência e sabedoria. Entretanto, se não tomar cuidado, pode acabar se precipitando e dando passos errados. O melhor será trabalhar com outra pessoa que possa checar seus planos e atuação, chamando-lhe a atenção para qualquer coisa que você possa ter passado por cima.

Talvez o ritmo das coisas se torne bastante acelerado agora, e essa é uma das razões para você planejar tudo com muito cuidado. É possível que se sinta confusa, não porque a situação seja indefinida ou vaga, mas porque a dimensão dos fatos ultrapassa sua capacidade de apreensão.

Isso não deverá acontecer se você pensar em tudo com antecedência. Talvez os planos e projetos iniciados há anos venham a render frutos agora, mas apenas se você tiver sido cuidadosa com os detalhes.

De qualquer modo, os fatos que ocorrerem neste momento deixarão claro se essas ideias tinham base na realidade ou se eram apenas utopias. Pense em todos os detalhes e deixe o mínimo ao sabor da sorte.

♑ CAPRICÓRNIO
22/11 a 19/01

Durante este trânsito estará saudável e muito otimista. Por um instante, as coisas parecerão estar correndo bem e, caso se esforce um pouco, isso acontecerá realmente. Mas se ficar de braços cruzados, a influência benéfica deste trânsito se desvanecerá, deixando pouco em sua esteira.

Este é o começo de um ciclo de crescimento em sua vida. É a hora de dar início a novos projetos e ampliar seu raio de atividades de forma a poder ter uma maior perspectiva da vida. Talvez descubra que pode escapar das limitações ou inibições que a impediram ou vêm impedindo de realizar seu inteiro potencial como ser humano.

Algumas pessoas viajam sob esta influência, mas na maioria das vezes a viagem se dá apenas no plano mental. Este é um bom momento para dedicar-se a estudos que possam elevar sua conscientização ou ampliar sua visão de mundo.

O trânsito é excelente para os que gostariam de voltar à escola ou iniciar um novo aprendizado. É possível também que você entre em contato com pessoas que lhe exponham aspectos de vida que você não conhecia. Sua liberdade certamente aumentará.

Porém mesmo neste trânsito há algumas armadilhas a evitar. Em primeiro lugar, por causa do otimismo exagerado, é possível que você se exceda em atividades ou ambições, de forma que, no fim do trânsito, pode estar no limbo de que falam os provérbios.

Exercite um pouco de moderação e parta daquilo que já tem, ao invés de tentar colocar o chapéu onde o braço não alcança. Cuidado com as extravagâncias e, se fizer investimentos, lembre-se que a sorte de hoje pode não ser a mesma todos os dias.

♒ AQUÁRIO
20/01 a 18/02

Este é normalmente um trânsito bem agradável, indicando harmonia nos relacionamentos e talvez até o surgimento de uma nova relação que virá a ter muita importância em sua vida. Você sentirá muita vontade de amar, sendo capaz de dar seu amor a todos os que a cercam.

Este trânsito reforçará seu gosto pelas coisas belas e suntuosas. Além disso, você provavelmente não estará muito disposta a abrir mão do que deseja. Tenha cuidado para não desperdiçar recursos valiosos nem jogar dinheiro fora.

Se for cautelosa, será possível fazer excelentes investimentos neste período, mas apenas se analisar todas as possibilidades com muita calma. Este é um período de equilíbrio, quando terá a impressão de que tudo parece correr bem sem exigir muito esforço. É um momento em que poderá relaxar e descansar um pouco com a certeza de que sua vida está indo bem.

Além disso, é também um momento em que haverá crescimento, seja de consciência, na profissão, na vida social ou em qualquer outro setor importante, sem que tenha de empenhar-se especialmente nisso. Este é um bom momento para adquirir perspectiva em todos os sentidos da palavra.

É bom para a educação, seja formal ou informal, para o contato consigo mesma por intermédio de treinamento de autoconscientização ou para conhecer o mundo viajando. Também os negócios e transações comerciais estarão favorecidos, sendo esta uma boa hora para expandir-se profissionalmente, contanto que haja bom senso.

Em geral as questões legais transcorrerão com tranquilidade.

♓ PEIXES
19/02 a 20/03

Neste momento haverá um equilíbrio entre o velho e o novo dentro de sua vida, entre o conservadorismo e o desejo de experimentar. Você será capaz de viver uma nova experiência, detectar seu potencial e dar-lhe uma forma concreta na sua vida.

Você será paciente na sua abordagem da vida, dispondo-se a permitir que tudo tenha uma chance de provar sua validade. A hora é excelente para aprender qualquer coisa nova e difícil. Além disso, você estará apta a ensinar aos outros as técnicas que tiver aprendido.

Talvez você tenha vontade de trabalhar com outras pessoas nos projetos em que se envolver agora. A percepção delas a ajudará a transcender suas próprias limitações. 

As mudanças que porventura tenham ocorrido em sua vida há alguns anos, agora já estarão consolidadas. Você pode ter mudado de emprego ou residência ou então alterado a estrutura de seus relacionamentos.

Durante este trânsito, essas questões se estabilizarão, pois você perceberá que agora sua vida é diferente e talvez mais adequada ao que você é. É possível que você tenha a sensação de poder abarcar tudo que de novo possa surgir neste momento, e provavelmente será mais capaz disso agora.

Será benéfico tentar novas abordagens sem rejeitar os desafios ao status quo. Assimile-os se lhe revelarem falhas em sua vida no momento. Dentro de alguns anos será bem mais difícil incorporar esses desafios a sua vida, pois é possível que se veja obrigada a mudar em circunstâncias menos auspiciosas.

A pressão interior será bem maior, sendo mais provável que tome decisões menos cuidadosas e pouco harmoniosas.

Gunadhara Miten (Miriam Zen)

Terapeuta Holística e Astróloga Humanista há 33 anos, trabalhou como voluntária por vários anos em Grupos de Ajuda a mulheres que sofreram abuso. Trabalhou também como voluntária no CVV ( Centro de Valorização da Vida )

Trabalhando atualmente com massagens terapêuticas, via Método Deva Nishok, utiliza em seus atendimentos terapia tântrica, cura Reconectiva, Reiki, pontos marma, meditação vibracional biodinâmica, Renascimento, terapia taoísta, terapia de cura hawaiana, Barra de Access, MTVSS com o objetivo de refinar a sensibilidade corporal, gerando maior sustentação da bioenergia do corpo, energização dos chackras e equilíbrio da produção hormonal, proporcionando também expansão da consciência, equilíbrio emocional e bem-estar.

Consultora da Rede de Informação UOO ( Um Outro Olhar ).

Para agendar sua sessão de mapa, tarot, de massagem terapêutica, entre em contato no whats app: 11 96405 1934  Email: miriam.julie@gmail.com

Espaço de acolhimento para lésbicas na favela da Maré

sexta-feira, 15 de abril de 2022 0 comentários


Espaço será também o primeiro em território de favela a contar com abrigo temporário para lésbicas faveladas

A laje da Casa Resistências ficou pequena para receber as cerca de 50 mulheres que estavam em festa para a inauguração do espaço localizado na Vila dos Pinheiros. A Casa Resistências será a sede da Coletiva Resistência Lésbica da Maré, formado por cerca de 15 mulheres, que atua desde 2016. O espaço será também o primeiro em território de favela a contar com abrigo temporário para lésbicas faveladas que foram expulsas de suas casas por lesbofobia. Além do lugar de acolhimento, a casa será um pólo de produção de arte e cultura, com viés na produção de direitos humanos para lésbicas de favela.

O evento teve mesa de abertura com mediação de Paloma Marins, integrante da Coletiva Resistência Lésbica da Maré. Participaram da conversa Lazana Guizzo, arquiteta; Dayana Gusmão, coordenadora da Casa Resistências; Beatriz Adura, psicóloga e coordenadora de acolhimento da Casa Resistências; Flavinha Cândido, educadora e coordenadora do grupo de trabalho do mandato da deputada estadual Renata Souza; Mãe Lenira D’Óxum, matriarca da Casa Resistências e Camila Felippe, integrante da Coletiva Resistência Lésbica da Maré e coordenadora de segurança alimentar da Casa Resistências. A festa contou com a presença da vereadora Mônica Benício, viúva da também vereadora Marielle Franco.

Nos discursos, ficou evidente a necessidade de mulheres lésbicas de favela se organizarem para lutar por seus direitos.
Percebemos que a unidade de pessoas lésbicas de favela é forte. No Brasil, faltam casas como essa, pois quando se pensa em acolhimento, às existentes são fora da favela. Essa casa veio para mostrar que a favela é acolhedora, que ninguém precisa sair do seu território para ser cuidada”, diz Beatriz Adura.
Para Paloma Marins, a inauguração é a realização de um sonho coletivo.
Juntas foi possível criar um espaço só nosso, da mulher lésbica. Um local onde uma vai cuidar da outra, sendo uma casa que vai ser o pontapé inicial na vida dessa mulher”, conta.
No evento também foi mencionado que toda mulher lésbica de favela que queira somar na luta é bem-vinda. “Pelo que sabemos, essa é a primeira casa de acolhimento lésbica numa favela na América Latina. Hoje realizamos um sonho de uma casa com felicidade, esperança e afetividade”, lembra Camila Felippe. A casa terá infraestrutura onde as acolhidas terão um cômodo escritório para criação de currículo e estudo.
Não será uma casa só de afeto, mas de cuidado com alimentação e a saúde da mulher A união é prioridade, pois sabemos que para as mulheres pretas, pobres e lésbicas a vida é muito mais difícil”, comenta.
Colaborar para a casa continuar de braços abertos

A casa tem a capacidade de receber até oito mulheres, como um domicílio de passagem onde a mulher permanece pelo período de seis meses.
A ideia nasceu na pandemia de uma demanda que recebemos de muitas. Aqui, após sair de casa, vão ser acolhidas para fazer algo mais objetivo e prático. Um local de apoio para superar o momento, mas não só isso, aqui é um espaço de resistência cultural”, expõe Dayana Gusmão.
A integrante da Coletiva Resistência Lésbica da Maré, Marcela Ferreira, moradora do Parque Maré, estava contente com a conquista.
É uma vitória da favela que agora me sinto representada por essa casa que vai acolher e abraçar essa mulher lésbica que passa por um momento difícil”, conclui.
Todas as mulheres presentes deixaram claro que a manutenção da casa só será possível com a ajuda de todo mundo. O imóvel está alugado e apesar da inauguração ainda precisa de reformas. No futuro, o grupo pensa na compra do local. Quem desejar conhecer a Casa Resistências, pode fazê-lo pelo Instagram: @resistencialesbica ou fazendo uma visita ao local, que fica na Via A/1, número 91, na Vila dos Pinheiros. 

Clipping Mulheres lésbicas terão espaço de acolhimento dentro da Maré, por Hélio Euclides, editado por Jéssica Pires, Maré de Notícias Online,05/04/2022

Elayne Baeta, autora de romance juvenil lésbico, diz que falta presença lésbica nos gêneros literários

quarta-feira, 13 de abril de 2022 0 comentários


Autora de romance lésbico juvenil: 'Falta de representatividade me cansou

Desestimulada por sempre encontrar casais hetero  nos romances, Elayne Baeta resolveu escrever sua própria história. "O Amor Não É Óbvio" (Galera Record), primeiro romance lésbico juvenil a integrar a lista de mais vendidos da revista Veja, chegou primeiro nas plataformas digitais antes de ganhar espaço em uma grande editora.
Me sentia frustrada demais por não achar livros sobre mim, então fiz esse romance lésbico clichê. Mas não imaginava que me tornaria escritora depois disso", contou Elayne em entrevista a Universa.
Segundo a autora, durante o seu período de descoberta de orientação sexual, fez falta conseguir achar um livro que narrasse histórias sobre ela, por isso fez a escolha de ajudar adolescentes a ter o que ela não teve: referências. "Eu adorava ler mas só tinham histórias de casais héteros. Eu fui parando de ler por causa disso. Até tentava, na minha cabeça, trocar a sexualidade dos personagens, mas a falta de representatividade me cansou. Comecei a escrever por isso. Talvez fosse tarde demais para mim, mas não era para muitas meninas", diz Elayne.

Como o sucesso de vendas do livro, ficou claro que ela está dialogando com muita gente além do público jovem. E pela experiência da Elayne com o público é bem isso que acontece: para o bem e para o mal. Enquanto há pais que proíbem a leitura, rasgam e jogam fora o livro, outros a agradecem por existir um caminho para que consigam entender melhor os filhos.
De mães, avós a leitoras com a idade da minha mãe me mandam mensagem. Algumas me agradecem por ajudá-las a abrir a cabeça. Na sessão de autógrafos que fiz na Bienal do Livro do Rio de Janeiro a fila era bem diversa. Tinham meninos gays, mãe de leitora, pai de leitora. Claro que também recebo muitas histórias tristes, de pais que proibiram ou rasgaram o livro", conta.
Muitos pais alegam não querer que os filhos tenham a sexualidade afetada pela história - um dos grandes absurdos da homofobia.

Elayne Baeta, autora de romance juvenil lésbico

O clichê que faltava

Quantos beijos lésbicos você já viu em livros de romance? Se pesquisar, consegue encontrar livros digitais com protagonistas gays, mas até eles priorizam os homens. E, quando se encontra, a pegada é mais erótica do que romântica. Entre os livros impressos em grandes editoras é quase impossível de localizar algo sobre o tema.
Não temos conteúdos com essa vibe de colégio como em 'O Amor não é Óbvio'. Livros com homens gays já conquistaram mais espaço, mas falta muito para as outras siglas. Espero que mais livros lésbicos surjam e que a gente consiga alcançar mais espaço na literatura atual. Não conheço nenhum além do meu. Eu pretendo publicar muitos livros sobre o assunto. Minha meta é que estejamos em todos os gêneros literários. Quero ver lésbicas na fantasia, por exemplo", diz Elayne.
E foi essa ausência nas livrarias que a fez escolher escrever uma história água com a açúcar e clichê: é para ser fofinho como vários livros com outros personagens que encontramos por aí.

Além disso, a autora tinha como foco conseguir dialogar com o público que mais precisa se sentir acolhido em um momento de descoberta, as adolescentes.
Só conseguia pensar que se eu tivesse encontrado esse refúgio quando jovem, meu processo de descoberta teria sido diferente e eu não teria me sentido tão sozinha nesse momento que é muito solitário. Todos precisamos de apoio e representatividade. A nossa trajetória, traumas, inseguranças e até a coragem interna se definem a partir disto. Por isso, minha história fala de uma personagem jovem, saindo do armário e passando por situações semelhantes a algumas que eu vivenciei", diz Elayne.
Apesar do sucesso, essa não é a única obra da autora. Ela também está lançando "Oxe, baby", um livro de poemas.
Ele já pré existia. Eu fiz uma seleção do que eu já tinha escrito para a publicação. Foi para a editora depois, mas na minha vida de escritora veio antes do romance", conta.

N.E. Elayne deve se referir aos romances lésbicos para o público juvenil porque, literatura lésbica de fato, existe no Brasil desde Cassandra Rios há uns 50 anos. 

Clipping "Autora de romance lésbico juvenil: 'Falta de representatividade me cansou, por Rafaela Polo, Universa (UOL),07/04/2022 

Bruna Linzmeyer enfrentou preconceito ao se revelar lésbica publicamente

segunda-feira, 11 de abril de 2022 0 comentários

Bruna Linzmeyer - foto Instagram

Atriz Bruna Linzmeyer foi alvo de homofobia ao tornar pública sua orientação sexual.

Bruna Linzmeyer comentou sobre os momentos difíceis que enfrentou ao revelar que é lésbica, em entrevista ao programa PodPah, na última terça-feira (5). A intérprete de Madeleine em ‘Pantanal’ teve sua vida invadida e diversos trabalhos cancelados na época que sua sexualidade veio à tona.
Foi em 2015, eu já estava há cinco anos na TV. E já namorava a Kity, que foi minha primeira namorada, há uns bons meses”, disse em menção à relação com a cineasta Kity Féo, que durou apenas um ano.
Na época, a revelação gerou tanto impacto que Linzmeyer teve sua vida pessoal invadida pela mídia. Ela contou:
Foi super indelicado, pegaram informações sobre a vida dela [Kity] que não era uma pessoa pública. Fotos e tal”.
O âmbito profissional também foi afetado devido à homofobia dos contratantes e até colegas de trabalho, como relembrou a atriz.
As pessoas que trabalhavam comigo cogitaram que eu negasse e eu disse que isso não era uma possibilidade”, disse.
Em seguida, lamentou:
Foi muito esquisito no começo. A gente tinha umas publicidades marcadas para aquela semana e para a semana seguinte, e as coisas foram cancelando. Diziam: ‘Não vai mais acontecer e tal'”, contou.
Foi apenas com o passar dos anos que Bruna começou a ser aceita do jeito que é. Sem nunca esconder sua sexualidade, a artista acredita que o que era alvo de preconceitos se tornou um bônus em sua carreira.
Hoje em dia as pessoas me chamam porque eu sou sapatão também. Querem estar comigo porque eu tenho e tive essa coragem. E hoje em dia é mais tranquilo falar disso do que era naquela época. Então, tem muitos trabalhos, tanto no cinema quanto na publicidade, que as pessoas chegam perto de mim porque gostam de quem eu sou”, concluiu ela.
Confira a entrevista completa:


Clipping Bruna Linzmeyer teve trabalhos cancelados após se revelar lésbica: “Muito esquisito”, O Segredo, 07/04/2022


 
Um Outro Olhar © 2021 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum