Milhares na parada anual do orgulho LGBT de Berlim

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Milhares vão às ruas durante a parada anual do orgulho gay em Berlim, também chamada de Christopher Street Day. Participantes comemoram aprovação do casamento gay na Alemanha, aprovado recentemente. Foto: Fabrizio Bensch/Reuters

Em Berlim, parada anual do orgulho LGBT leva milhares às ruas
Participantes da 39ª edição do Christopher Street Day comemoram lei que permite casamento entre pessoas do mesmo sexo, aprovada recentemente na Alemanha

BERLIM - Durante o desfile do orgulho LGBT de Berlim, no sábado, 22/7, milhares de pessoas foram às ruas para celebrar a lei que permite o casamento entre pessoas do mesmo sexo, votada em junho no país. Na 39ª edição do "Christopher Street Day" em defesa da livre orientação sexual, o tema principal foi a luta contra a extrema direita. 

Aprovado pelo Parlamento alemão, o texto que permite o casamento entre pessoas de mesmo sexo foi promulgado na sexta-feira, 21/07, pelo presidente da Alemanha, Frank Walter Steinmeier, e deve entrar em vigor a partir de outubro. A votação histórica coloca a Alemanha ao lado de outros países europeus como França, Grã-Bretanha e Espanha.
O casamento gay é um passo na direção certa, mas ainda há muito a ser feito", disse Samuel Monars-Bellmont, um dos participantes da parada.
A colorida passeata percorreu a rua Kurfuerstendamm, famosa via na antiga Berlim Ocidental, até o Portão de Brandemburgo. Muitos participantes carregavam bandeiras do arco-íris, outros usavam flores coloridas em volta do pescoço, tiaras brilhantes no cabelo e figurinos diversos. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, também foi visto em algumas máscaras.

Marco, um dos participantes, não escondia sua alegria: 
Todo mundo tem agora o direito de se casar na Alemanha, os gays e lésbicas também", celebrou o jovem húngaro à AFP. "Lutamos pelo mesmo em nosso país. É uma inspiração para a Hungria".
O desfile de Christopher Street Day é comemorado anualmente na Alemanha desde 1979. Celebra a rebelião em Nova York, em 1969, contra a batida policial feita no bar Stonewall Inn, considerada marco do movimento dos direitos LGBT./REUTERS e AFP

Fonte: Com informações de O Estado de São Paulo, 22 Julho de 2017 

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Um Outro Olhar © 2015 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum