Pedidos de casamentos lésbicos super-românticos

quinta-feira, 28 de janeiro de 2021


Mariana Setti, de 28 anos, e Mariana Tozzi, de 27 anos, em seu casamento, em junho de 2018  Imagem: Arquivo pessoal


Isabela mandou projetar o pedido de casamento da
namorada em um prédio do RJ. Img: Arquivo pessoal.
Amor pela janela

As cariocas Isabela Araújo, de 25 anos, e a namorada, Priscila Nóbrega, iriam fazer três anos de namoro quando Isabela resolveu que queria fazer um pedido em grande estilo. Em outubro de 2020, a pandemia já estava acontecendo e manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro estavam rolando nas janelas.
Havia uma menina fazendo umas projeções com mensagens sobre política em prédios no meu bairro e eu vi no Facebook. Pensei que seria muito legal pedir a Priscila em casamento assim, com um pedido projetado em um prédio. Falei com a menina e ela se ofereceu para fazer para mim gratuitamente", conta Isabela.
O problema é que do prédio em que as duas moravam não dava para ver a projeção. "E por causa da pandemia, a gente não estava saindo para nada.
Então, no dia do nosso aniversário de três anos, 8 de outubro, eu e minha mãe bolamos um plano e eu disse que minha mãe queria muito que a gente fosse ver um apartamento que ela queria alugar, em um prédio que tinha vista para onde o pedido seria projetado", conta Isabela.
Detalhe: Priscila não anda de elevador e subiu os 9 andares do prédio até o tal apartamento. Chegando lá, na janela do suposto apartamento da sogra, dava para ver o pedido de casamento gigante:
Priscila, quer casar comigo?".
A Priscila, super distraída, demorou a ver meu pedido projetado no prédio. Eu tive que apontar e abri a caixinha com as alianças, enquanto minha mãe filmava. Eu estava muito nervosa.

Nas janelas dos prédios vizinhos, muita gente comemorou o pedido. Agora, as duas esperam a vacina para realizar a cerimônia.

Nossa história dava um livro

A história do casal Mariana Setti, de 28 anos, e Mariana Tozzi, de 27 anos, é bilíngue: Mariana Setti é professora de inglês e conheceu a mulher, Mariana Tozzi, quando ela era sua aluna.
A gente meio que se reconheceu na sala de aula, nos parecemos um pouco, temos nomes e traços parecidos", diz a Mariana professora.
Eu me apaixonei por ela no primeiro dia, na nossa primeira aula, em março de 2017. Como sempre gostei de escrever, escrevi alguns poemas e alguns textos sobre ela.
Mari Tozzi conta que, em uma dessas aulas, a namorada pediu para escrever um texto com um personagem fictício. Foi a forma que ela encontrou de falar para a professora o que estava sentindo. As duas ficaram em junho daquele ano e Tozzi seguiu escrevendo. Alguns textos mandou para a amada outros guardou. Antes do fim do ano, sentiu que estava na hora de pedir a namorada em casamento. E fez isso em grande estilo.
Eu sou designer e criei uma pequena agência para produzir o livro com a ajuda de amigos, elaborei a parte de design e diagramação e uma outra amiga publicitária fez a revisão dos textos. Usei todos os textos que eu escrevi para ela desde que eu a conheci e o último texto do livro é meu pedido de casamento", conta ela, que fez a proposta em inglês para conquistar a professora de vez, no dia 1º de Janeiro de 2018. As duas se casaram em junho daquele ano.
Cristina fez por um ano, em segredo, um vídeo por dia
pedindo a namorada, Michelli, em casamento.
 Imagem: arquivo pessoal

Um ano de 'Quer casar comigo?'

A publicitária Cristina Camargo, de 31 anos, e Michelli Camargo, de 29, da cidade de Americana em SP, estavam juntas há 10 anos quando Cristina achou que estava na hora de fazer o pedido. E, depois de uma década de relacionamento, esse não poderia ser um pedido qualquer. "Eu queria fazer no civil e fazer festa, e achava que tinha que dar um jeito de mostrar para ela que, mesmo após 10 anos, eu ainda a amava todo dia do mesmo jeito", diz ela. Cristina resolveu, então, se gravar todos os dias, durante um ano, pedindo a amada em casamento.
A gente mora juntas e o desafio era gravar sem que ela soubesse. Comecei a escrever todo dia papéis escritos 'casa comigo?' e declarações de amor. Achei uma câmera digital antiga e andava com ela para cima e para baixo", conta Cristina. E assim foi feito um registro de 365 dias de amor.
Foi entre 2017 e 2018, então teve Rock in Rio, Copa do Mundo, o dia da morte do avô dela, e até dias que a gente estava brigadas"
Em uma viagem para Caraguatatuba, cidade de praia, Cristina fez uma mesa de café de manhã para a amada, de frente para o mar, com balões de coração e, em um computador, mostrou o vídeo. "Ela amou, ficou emocionada, porque no vídeo tinham registros de pessoas e lugares que são importantes para a gente", conta Cris. O "sim", é claro, veio. As duas se casaram em novembro de 2018.

1 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Um Outro Olhar © 2021 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum