Em Denver (EUA), pastor se recusa a realizar serviço funerário de mulher por ser lésbica

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Imagem que levou ao cancelamento do funeral de Vanessa Collier

Os familiares e amigos de Vanessa Collier nem queriam acreditar no que estava acontecendo. O funeral da jovem de Denver, nos EUA, foi cancelado 15 minutos antes de começar por causa de um vídeo feito em sua honra que a mostrava  dando um beijo na boca da esposa.
Collier, de 33 anos, morreu no dia 30 de Dezembro, em consequência de um acidente com uma arma de fogo, e a família pagou 400 dólares (cerca de 950 reais) à agência funerária New Hope Ministries para que organizasse o funeral em sua capela no dia 10 de Janeiro.

No entanto, 15 minutos antes da cerimônia começar, com a capela lotada e o caixão aberto, a família de Vanessa foi informada que o pastor escolhido se recusava a realizar o funeral porque os pais e amigos de Vanessa não aceitaram apagar do vídeo a imagem de Collier beijando a mulher. O casal vivia em união de fato e tinha duas filhas.

O caixão teve assim que ser transportado para outra casa funerária, Newcomer Funeral Home, que conseguiu organizar o funeral no mesmo dia. 

Os amigos e familiares de Vanessa regressaram à New Hope Ministries para protestar contra o ocorrido. A agência funerária limitou-se a dizer que “lamentava” o que tinha acontecido e que reembolsaria os 400 dólares já pagos.

World News Videos | ABC World News

Fonte: com informações de SOL.pt, ABC News e outros

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Um Outro Olhar © 2015 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum