Casal de senhoras de “Babilônia” não sofre rejeição do público e "Loucura a homofobia não ser considerada crime"

segunda-feira, 6 de abril de 2015


Casal lésbico de “Babilônia” não sofre rejeição do público, segundo pesquisa

Após queda brusca de audiência na faixa das 21h, a Globo antecipou os grupos de discussão sobre Babilônia. A medida acontece, normalmente, após o capítulo 30 de cada novela e serve para que possíveis erros e acertos da história sejam detectados, a tempo de reverter a situação. Segundo os participantes, a trama peca por ter excesso de sexo e pouco espaço para o lado afetivo.

Entre os personagens mais populares estão Regina (Camila Pitanga), Vinícius (Thiago Fragoso) e Teresa (Fernanda Montenegro), admirados pelo caráter ético. Ao contrário das especulações, o casal lésbico entre Fernanda e Nathalia Timberg não foi apontado como pivô da queda dos números, apesar dos líderes evangélicos tentarem boicote. O público mais conservador também se pronunciou, em massa, nas redes sociais para defender a “família tradicional”.

Como medidas de urgência, a emissora incluiu tons claros no logotipo e deixou a fotografia mais vibrante após reclamações pelo tom escuro, típico de produções cinematográficas. Babilônia tem oscilado entre 24 e 30 pontos de audiência em São Paulo, índice bem abaixo da meta para o horário.

Fonte: TV Foco, 04/04/2015

Fernanda Torres fala sobre beijo gay da mãe, Fernanda Montenegro, na TV

Fernanda Torres participou, na quarta-feira, 1 de abril, da coletiva de imprensa da nova temporada da série "Tapas e Beijos".

Mas, como não poderia deixar de ser, a atriz também falou sobre a polêmica do beijo gay, protagonizado por sua mãe, Fernanda Montenegro , e pela atriz Nathalia Timberg na novela "Babilônia".
A mamãe é incrível, e eu falo pra ela: 'Mãe, você é o homem dessa relação'. Não sei se a questão é o beijo das duas, ou o fato de ter acontecido no primeiro capítulo... Não sei se a polêmica foi o beijo, mas acho que a sociedade está mudando e se revelando conservadora, mas isso também merece ser ouvido e visto'".
A atriz completou falando sobre a discussão em torno da criminalização da homofobia no Brasil.
Hoje em dia estamos numa desilusão democrática. 'Babilônia' veio com uma carga onde as pessoas veem uma esperança, uma saída. Envolve a questão da sociedade conservadora, a questão da homofobia não ser considerada crime, o que também é uma loucura. O Brasil está assustado com ele mesmo."
Fonte: Ego, 01/04/2015

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Um Outro Olhar © 2015 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum