No Brasil como no Reino Unido, beijos contra o preconceito (Brighton Kiss In)

quarta-feira, 5 de novembro de 2014


Lésbicas foram proibidas de se beijarem num supermercado e o apoio chegou com centenas de beijos

Protesto contra discriminação sexual ocupou uma loja em Brighton, a cidade mais gay-friendly no Reino Unido.

No início de outubro, um casal de lésbicas fazia compras numa conhecida cadeia de supermercados no Reino Unido quando foi abordado por uma segurança que as advertiu que teriam que abandonar a loja se voltassem a beijar-se, isto porque um cliente se tinha afirmado enojado com as demonstrações de afecto. Três dias depois, o supermercado foi invadido por manifestantes em defesa dos direitos de gays e lésbicas, que trocaram beijos em protesto.

O supermercado, que fica situado em Brighton, na costa sul de Inglaterra, uma cidade conhecida como a mais gay-friendly no Reino Unido, tinha já feito um pedido de desculpas público pelo incidente, mas sublinhou que a segurança em causa não foi directamente contratada pela empresa, mas por uma terceira entidade.

Na tarde de quarta-feira, o supermercado da Sainsbury’s, na New England Street, foi ocupado por centenas de pessoas que se indignaram com o que se passara com o casal de mulheres. Entre os manifestantes estavam Lewis Jones e o seu companheiro. Ao Guardian, lamentou que em 2014 ainda aconteçam estes incidentes, principalmente em Brighton, o que torna o caso ainda mais “ridículo”.

Fiona Spechter juntou-se à manifestação de apoio, que ficou conhecida como BigKissIn, afirmando-se chocada com o que aconteceu.
Este incidente fez-me perceber como ainda não tenho certeza se posso dar a mão à minha namorada em público. Vivi em Brighton durante muito tempo, e isso sempre pareceu normal por aqui. Então, quando acontece esse tipo de discriminação, é realmente chocante.”
O protesto foi bem recebido pelo supermercado, que disse ter ficado satisfeito por “todos se terem divertido” e realçou o quanto é “importante ser um negócio e empregador inclusivo”.

Depois de terem entrado na loja, as centenas de pessoas que aderiram à iniciativa dividiram-se entre os casais de gays e lésbicas e os que apoiam a sua causa. Durante breves momentos trocaram-se beijos e afectos e pouco depois abandonavam o local, sem que tivesse sido registado qualquer incidente.
 
Fonte: Público, 16/10/2014

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Um Outro Olhar © 2015 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum