Lésbicas têm cérebro de homem?

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Autora: Míriam Martinho

A revista Veja, de junho de 2008, repercutiu um estudo "cientifíco" que afirmava ter os gays o cérebro mais próximo do das mulheres heterossexuais, e as lésbicas, o cérebro mais próximo do dos homens heterossexuais.

Esse estudo me fez lembrar um outro destinado a explicar porque os homens se comportavam de uma determinada forma e as mulheres de outra. Culpa das diferenças cerebrais também. Por esse estudo, entendeu-se finalmente porque os homens não acham as meias em casa, têm mais acuidade espacial do que as mulheres e porque não houve grandes gênias nas artes e nas ciências.

Bobagem questionar se os homens não encontram as meias em casa porque continuam sendo ainda as mulheres fundamentalmente que organizam as tarefas domésticas. Bobagem também argumentar que as mulheres têm mais dificuldade de fazer um bom uso de um mapa porque faz pouco tempo que têm a possibilidade de viver ao ar livre. Enorme besteira  ainda lembrar que não há muitas expressões femininas nas artes e nas ciências porque - até o começo do século passado - mulher não podia sequer estudar. Tudo se explica naturalmente pelas diferenças cerebrais.

Deve ser por ser lésbica, portanto, que, quando aprendi a dirigir (faz tempo), me diziam que eu dirigia como um homem, e hoje, algumas vezes, me dizem que penso como um. Só não entendo porque antes isso era um elogio e hoje, um insulto. Mudamos para pior?

1 comentários:

  1. O meio influencia sim, isso tb é provado cientificamente. Somos seres biopsicosocial.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Um Outro Olhar © 2015 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum