Cerimônia de casamento LGBT coletivo aconteceu no Espírito Santo pela primeira vez

terça-feira, 31 de maio de 2016

Ana Amélia e Graziele oficializam união durante 1º casamento homoafetivo coletivo do ES (Foto: Júlia Couto)

Casamento homoafetivo coletivo acontece pela 1ª vez no ES
Cerimônia aconteceu neste sábado (21), às 9h30, no Fluente, em Vitória. Defensoria pública e PMV promovem união de 10 casais homoafetivos.

Um marco na luta por igualdade de direitos da população LGBT entra para a história do Espírito Santo. Neste sábado (21), às 10h foi celebrado o primeiro casamento homoafetivo coletivo do estado, a cerimônia aconteceu no espaço Fluente, em Jardim da Penha, Vitória.

As inscrições foram abertas em março e atraíram muitos casais que viram na ação da Defensoria Estadual uma oportunidade de oficializarem sua união de maneira gratuita e de acordo com todos os trâmites legais previstos no Código Civil brasileiro.

A realização do casamento foi uma parceria entre Defensoria Pública do Estado do Espírito Santo e Coordenação de Diversidade Sexual de Vitória. Ao todo, cerca de 100 convidados estiveram presentes.

Elisângela e Argelane estavam há sete anos juntas e já planejavam se casar, logo que souberam da iniciativa resolveram participar, mas a principal conquista será poder registrar a filha Maria Eduarda, de 4 meses, em nome das duas.

Tácio Bastos e Georgenes Muniz casam-se após 10 anos juntos. (Foto: Júlia Couto)

Para o vendedor Alan Carlos de Freitas a iniciativa mostra às pessoas que o amor não existe somente entre homens e mulheres heterossexuais. “Nós vivemos em um estado religioso com muito preconceito, principalmente religioso. Acredito que isso vai incentivar outros casais e contribuir para promover a aceitação social da homossexualidade”, comenta.

O noivo Eliel declarou que estava vivendo o dia mais feliz de sua vida. “Além da alegria individual, nós estamos aqui mostrando para sociedade que temos os mesmos direitos e continuamos na luta contra a discriminação”, avalia.

Elaine e Daniele vieram com a bebê Helena prestigiar a celebração. "Achei muito bacana, sou a favor de mais ações desse tipo, é importante para o combate ao preconceito", comentou.

A coordenadora do Fórum Estadual LGBT Deborah Sabará avalia a ação da Defensoria Pública em parceria com a Prefeitura de Vitória como um ato de afirmação politica de direito para a População LGBT. “É um ato simbólico aguardado há muito tempo. Significa mais do que só casar, é dar visibilidade, é mostrar para outros casais e outras famílias que isso é possível no Espírito Santo”, defende.

Fonte: G1, 21/05/2016

VEJA A GALERIA DE FOTOS

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Um Outro Olhar © 2015 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum