Praga: parada gay lembra russas da Pussy Riot (protestos contra Putin)

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Manifestante segura cartaz criticando Vladimir Putin -  AFP PHOTO/ MICHAL CIZEK

Ex-agente da KGB, a temida polícia política comunista dos tempos da URSS, o presidente russo Vladimir Putin parece estar decidido a reviver os velhos tempos e a implementar um regime ditatorial em seu país. 

As paradas gays foram proibidas bem como apoiar LGBTês de qualquer forma, sob alegação de que se trata de propaganda homossexual (aqui no Brasil, conservadores concordam com a decisão). Agora, as integrantes da banda punk Pussy Riot foram condenadas a dois anos de prisão por terem protestado contra Putin dentro de uma igreja ortodoxa. Como se não bastasse, até Madonna está ameaçada de processo, por ativistas russos, devido ao apoio que deu à comunidade LGBT russa em seu show em São Petersburgo.

Toda essa situação autoritária vem provocando protestos de políticos, artistas e celebridades em nível internacional. E claro também nas paradas LGBT mundo afora. Sábado último, dia 18/08, milhares de manifestantes marcharam em favor dos direitos dos LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais), em Praga, capital da República Tcheca, na 2ª Parada do Orgulho Gay da cidade. Alguns participantes da marcha aproveitaram para criticar Putin pela condenação da banda punk Pussy Riot a dois anos de reclusão. 

Vejam abaixo o vídeo das Pussy Riot e assinem contra as ações arbitrárias do governo russo no site da All Out.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Um Outro Olhar © 2015 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum