Moda para lesbianas: entre as recos e as andróginas

quinta-feira, 2 de agosto de 2012


Por Míriam Martinho

O mundo da moda, dos cuidados com o corpo e a aparência sempre foram considerados terrenos inóspitos para as sapatas, pouco ligadas em geral - como os homens heterossexuais - a esse departamento da vida.

Entretanto, como tudo felizmente muda, alguns homens aderiram ao metrossexualismo, passando a se preocupar também com o visual e os cuidados corporais. Idem para muitas lésbicas, como ficou claro com a turma da série The L Word. No exterior, inclusive os cortes de cabelo estilo soldado reco (como na foto acima) passaram a ser tidos como uma marca registrada da visibilidade lésbica, estilo que, como escolha, tudo bem, mas como modelo se torna bem chato. Como todos os modelos são, diga-se de passagem.

Agora as irmãs de origem coreana A Lee e Vee Lee, dos EUA, decidiram criar roupas para mulheres com base em trajes masculinos. E lançaram uma linha de roupas, chamada Androgynous, que, segundo dizem, acabará com a frustação das mulheres que gostam de camisas, calças, coletes e jaquetas mas não encontram o que lhes sirva no departamento masculino das lojas de departamentos.

Segundo as manas, a linha Androgynous foi criada para celebrar o que lhe torna diferente e a destaca do resto do mundo. Não por menos o mote da coleção declara: "É preciso coragem para ser genuína". A intenção das estilistas é lançar a coleção neste segundo semestre (outono no hemisfério norte) e para isso estão pedindo apoio para o projeto.

Pessoalmente, prefiro o look andrógino do que o reco e gostaria muito que alguma estilista brasileira inaugurasse esse filão em nossa terra. É um visual que mescla o clássico com o despojado, num resultado bem moderno.

E lésbicas masculinas ou femininas devem sim se cuidar. O modelito baranga, que muitas adotaram por séculos, já era. Pior ainda quando a baranga inventa teorias supostamente feministas, como uma certa blogueira, uma tal de corra num sei o quê, para justificar o que não passa de desleixo e negligência consigo própria.

E você se identifica mais com as recos, as andróginas, ou seu estilo é o feminino? 

2 comentários:

  1. sou mais para andrógina, às vezes mais feminina... depende do momento.. não tenho um modelo fixo. faço minha moda com peças de roupas femininas e masculinas mas também gostaria de uma estilista fazendo roupas bonitas assim só para nós. bjk mara

    ResponderExcluir
  2. Andrógina total! Graças a Deus eu consigo encontrar roupas q sirvam em mim, tenho sorte pq sempre me vesti assim. E dou total apoio a termos uma estilista brasileira q volte-se para roupas voltadas para nós. Parabéns pelo site. Até, Luana.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Um Outro Olhar © 2015 | Designed by RumahDijual, in collaboration with Online Casino, Uncharted 3 and MW3 Forum